terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Cristian, ex-Corinthians e Grêmio, assina com São Caetano


O São Caetano oficializou nesta terça-feira (23/1) mais uma contratação para a disputa da Série A-1 do Campeonato Paulista. Trata-se do volante Cristian, ídolo no Corinthians, que assinou com o Pequeno Gigante até o fim do Estadual.

De volta ao futebol de São Paulo, o meio-campista reitera o desejo de contribuir pelo Azulão na elite.

``Somos um grupo. Aqui temos bom time e podemos sair desta situação (últimas colocações).  Precisamos somar pontos. O Campeonato Paulista é difícil, mas temos condições de permanecer nele. Vamos em busca disso´´, afirmou o atleta.

Cristian surgiu no Paulista, de Jundiaí. Em seguida passou por Atlético-PR,  Flamengo e Corinthians, onde se tornou ídolo com as conquistas da Série B do Brasileiro (2008), Copa do Brasil e o Paulistão - ambos em 2009 -, além da Série A do Nacional de 2015.  

O novo reforço do São Caetano também teve passagens de destaque pelo Fenerbahçe (Turquia) e Grêmio. Preparado para mais um desafio na carreira, o meio-campista também ressalta a expectativa de atuar o mais rápido possível pelo clube do Anacleto Campanella.

``Venho treinando normalmente com o pessoal. No que puder ajudar, eu vou ajudar. O importante é contribuir de maneira favorável para o clube´´, destacou o meio-campista, que ainda depende da sua regularização para estrear com a camisa do Pequeno Gigante.

O São Caetano volta a campo pelo Paulista nesta quarta-feira (24), contra o Linense, às 17 horas, em Lins.

Ficha técnica:

Cristian

Nome: Cristian Mark Junior Nascimento Oliveira Baroni

Data de nascimento: 25/6/2983

Clubes: Paulista, Atlético Paranaense, Flamengo, Corinthians, Fenerbahçe(Turquia) e Grêmio(RS).


Títulos:

Paulista

Copa do Brasil (2005)

Flamengo

Campeonato Carioca (2008)

Corinthians

Campeonato Brasileiro Série B (2008)

Campeonato Paulista (2009)

Copa do Brasil (2009)

Campeonato Brasileiro (2015)

Fenerbahçe

Supercopa da Turquia (2009)

Campeonato Turco (2010-2011 e 2013-2014)

Copa da Turquia: (2011-2012 e 2012-2013)

Grêmio

Copa Libertadores (2017)







Fonte e foto: assessoria de imprensa do São Caetano

Ytalo, ex-São Paulo, acerta com o Linense


O gerente de futebol de Linense, o ex-atacante Fausto, anuncia mais uma contratação para a sequência do Campeonato Paulista. A bola da vez agora é o atacante Ytalo (30 anos), experiente, com longa carreira como atleta profissional e que recentemente, após brilhar com a camisa do Osasco Audax, atuou com a camisa do São Paulo.

Ytalo José Oliveira dos Santos é natural de Maceió (AL). Ele 
iniciou a carreira nas categorias de base do Corinthians em 2005 e, nesse mesmo ano, viajou para atuar pelo Marítimo (POR), clube tradicional da primeira divisão do futebol português e no qual permaneceu até 2010, ano que retornou ao Brasil para jogar pelo Internacional.

Em 2012, Ytalo vestiu a camisa do Mogi Mirim e voltou novamente a Portugal para jogar no Marítimo.

Em 2013, representou as cores do Corinthians (AL). Em 2014 jogou pelo Paulista, de Jundiaí, e Guaratinguetá, ambos no interior de São Paulo. Osasco Audax (SP) e Clube Atlético Paranaense (PR) são as cores que o atleta representou no ano de 2015.

Em 2016 voltou ao Audax, onde realizou boa participação no Paulistão, o que lhe permitiu vestir as cores do São Paulo. Em 2017, retornou ao Osasco Audax e daí seguiu para o Clube de Regatas do Brasil (AL), o popular CRB, onde disputou a Série B do Brasileiro.

No ano de 2017, Ytalo viaja para a Macedónia, país da região do mar Báltico e defendeu a camisa do F.K. Vardar, que disputa a primeira divisão do país. O F.C. Vardar conseguiu feito histórico em 2017 e se classificou para a fase de grupos da Liga Europa pela primeira vez em sua história.




Fonte e foto: assessoria de imprensa do Linense

Juventus vence Rio Claro por WO pela terceira rodada da Série A-2

As más administrações estão causando estragos nos clubes do interior de São Paulo. O departamento técnico da Federação Paulista de Futebol vetou alguns estádios, irregularidades diversas, e enquanto as equipes não providenciarem o que foi determinado, terão de jogar em outros estádio. Mas dois já perderam os prazos.

Primeiro foi o Rio Branco, de Americana, que tomou WO na Série A-3. E agora será o Rio Claro, que teve o estádio Augusto Schimidt interditado, não mandou o jogo para outra praça, e perderá para o Juventus por WO, quarta-feira (24/1), ou seja, por 3 a 0 de acordo com o regulamento da competição.

``Sentimos por não poder jogar, mas, por outro lado, teremos um pouco mais de tempo para treinar e assimilar ainda mais o que o treinador Edmilson tem para passar para o grupo. Vamos focar nos erros que cometemos nos dois primeiros jogos para evitar que se repitam na próxima partida´´, revela Baroni. 

``Nós não queríamos que fosse dessa forma, mas o campeonato tem regulamento e tem que ser seguido. Teremos período maior de recuperação e treino para os atletas e vamos utilizar esse tempo para ajustar algumas situações´´, emendou o jogador. 

O Juventus volta a campo somente no próximo domingo, 28 de janeiro, contra o Audax, às 10 horas, no Estádio Conde Rodolfo Crespi  (Rua Javari). 







Fonte: Tuddo

Seleção de Masters da Ucrânia enfrenta veteranos da Portuguesa Santista

O Estádio Ulrico Mursa, em Santos, será palco nesta quinta-feira (25/1) de evento internacional. Em turnê pela América do Sul, a Seleção de Masters da Ucrânia enfrentará a equipe de veteranos da Portuguesa Santista. O encontro tem início marcado para as 11 horas e o ingresso é um quilo de alimento não perecível, exceto sal e açúcar.

A partida foi viabilizada pelo atacante Júnior Moraes. Nascido na Cidade e revelado nas categorias de base do Santos, o atleta desde 2015 é destaque do Dínamo Kiev, mais tradicional clube do país do leste europeu.

``Tenho muito contato com o pessoal da Federação Ucraniana e, assim que soube que o time de Masters viria à América do Sul, pensei em trazê-lo para jogo em Santos. Por intermédio de meu pai (Aluisio Guerreiro, ex-atacante do Santos e Portuguesa Santista), iniciamos as conversas com a diretoria da Portuguesa e conseguimos o apoio do clube para fazer o evento em seu estádio´´, explicou o jogador, que passa alguns dias em tratamento médico na Baixada Santista antes de se reapresentar ao Dínamo.

 INSTITUTO MORAES

Todos os alimentos doados pelo público que comparecer ao jogo de quinta-feira em Ulrico Mursa serão destinados ao Instituto Moraes, entidade criada pelo atacante e que apoia diversas instituições e projetos sociais em Santos e região.

As doações poderão ser realizadas diretamente em Ulrico Mursa, no dia da partida. Os portões do estádio serão liberados ao público a partir das 10h30 da manhã.

EX-LIVERPOOL, VORONIN É DESTAQUE

A Seleção de Masters da Ucrânia tem como principal atração Andriy Voronin, que está com 38 anos e vestiu as camisas de Liverpool e Bayer Leverkusen. O atacante aposentado disputou mais de 70 jogos com a equipe principal ucraniana, inclusive a Copa de 2006.

Também estará em campo Edmar Galovskiy. Nascido no Brasil, o meia jogou no Internacional e naturalizou-se ucraniano após defender por vários anos o Metalist.

Esses são os atletas que estarão à disposição do técnico Anatoliy Damianenko para o jogo de quinta-feira, em Santos.

1 - Vitalii Reva, goleiro, 43 anos, 9 jogos na Seleção da Ucrânia (2001-2003)
2 - Volodymyr Yezerskiy ,41 anos, 39 jogos na Seleção (1998-2008), 1 jogo na Copa 2006
3 - Vyacheslav Sviderskiy, 39 anos, 12 jogos na Seleção (2005-2007), 3 jogos na Copa 2006 
4 - Vitalii Samoilov, 42 anos
5 - Andrii Donets, 37 anos
6 - Bogdan Shershun, 36 anos, 4 jogos na Seleção (2003-2006)
7 - Vyacheslav Shevchuk, 38 anos, 53 jogos na Seleção (2003-2016)
8 - Vladyslav Vashchuk, 43 anos, 63 jogos na Seleção (1996-2007), 3 jogos na Copa 2006
9 - Eduard Tsykhmeistruk, 44 anos, 7 jogos na Seleção (1998-1999)
10 - Sergii Nazarenko, 37 anos, 56 jogos na Seleção (2003-2012), 0 jogos na Copa 2006
11 - Sergii Nagornyak, 46 anos 14 jogos na Seleção (1994-2002)
12 - Andriy Vorobey, 39 anos, 68 jogos na Seleção (2000-2008), 4 jogos na Copa 2006 
13 - Edmar Galovskiy de Lacerda, 37 anos, 15 jogos na Seleção (2011-2014)
14 - Yevhen Levchenko, 40 anos, 8 jogos na Seleção (2002-2009)
15 - Andriy Voronin, 38 anos, 74 jogos na Seleção (2002-2012), 4 jogos na Copa 2006 
16 - Myron Markevych, 66 anos, 4 jogos na Seleção como treinador principal (2010)
17 - Oleh Sobutskyy, 45 anos - presidente da Associação de Veteranos de Futebol da Ucrânia







Fonte e foto: Tática Assessoria

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Bruno Brigido comemora estreia com vitória no Guarani


Emprestado pelo Coritiba, Bruno Brigido teve que exercitar sua paciência no Guarani. Treinando desde o início da pré-temporada como titular, ele viu seu nome não ser publicado a tempo no BID por conta de documentos do clube paranaense que não chegaram a tempo, perdendo assim o primeiro jogo do Bugre no ano. Mas não demorou muito para o goleiro vestir pela primeira vez a camisa do time de Campinas.

Inscrito e regularizado, Bruno Brigido foi titular da equipe na vitória por 2 a 0 diante do Nacional. Feliz com o resultado, o camisa 1 revelou que estava ansioso.

``Foi grande jogo. Merecemos os três pontos. O time todo foi bem, soubemos nos defender e atacar. Fomos equilibrados como grande equipe tem que ser. Eu confesso que estava ansioso, queria logo jogar. Não deu na estreia, mas fico feliz de agora poder jogar e começar com vitória´´, afirmou.


O goleiro sequer tem tempo para comemorar. Nesta terça-feira (23/1), mais uma batalha pela A-2 (Segunda Divisão) do Campeonato Paulista. O adversário é o São Bernardo, fora de casa, no estádio 1º de maio.

``Nós sabemos que a guerra é longa e cada batalha é importante. Já tem mais uma pedreira pela frente. O São Bernardo estava há pouco tempo na elite e fez time para subir. Temos que buscar o equilíbrio mais uma vez. É fazer mais um bom jogo em busca da vitória´´, finalizou o goleiro.






Fonte: AV

Contratado pelo Ituano, Lucas Otávio comemora retorno ao futebol paulista


Lucas Otávio é o novo reforço do Ituano para o Campeonato Paulista 2018. O volante de 23 anos, revelado pelo Santos, foi emprestado até maio e seu nome já aparece no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF como atleta do Galo de Itu.

Procurado por diversos clubes nos primeiros dias do ano, o atleta comemorou o acerto, já que terá a oportunidade de voltar a disputar o Campeonato Paulista, competição que conquistou em 2015 como titular do Santos.

``O Paulista é o principal estadual do futebol brasileiro. Uma grande vitrine. Assim que o Ituano demonstrou interesse na minha contratação, sinalizei de maneira positiva e fiquei feliz quando houve o acordo com Santos, clube ao qual estou vinculado até o ano que vem´´, disse o meio-campista.

TRAJETÓRIA

Paranaense de Bandeirantes, Lucas Otávio Veiga Lopes passou por todas as categorias de base do Santos, onde chegou há 12 anos. E sua trajetória impressiona, com títulos conquistados desde o sub 15 até o profissional, pelo qual levantou a taça de Campeão Paulista de 2015.

Esses são os principais títulos conquistados por Lucas Otávio em defesa do Alvinegro:

2009 – Campeonato Paulista Sub-15

2010 – Campeonato Paulista Sub-17

2012 – Campeonato Paulista Sub-20 (um gol na final)

2013 – Copa São Paulo e Copa do Brasil Sub-20

2014 – Copa São Paulo (melhor jogador da final e da competição)

2015 – Campeonato Paulista

Além do Peixe, o volante atuou por empréstimo em outros dois clubes, o Paraná, em 2014 e 2016, além do Avaí, pelo qual disputou os campeonatos catarinense e brasileiro no ano passado.




  

Foto: divulgação Ituano
Fonte: Tática Assessoria

domingo, 21 de janeiro de 2018

Ituano aprova empate com Ferroviária em Araraquara

O Ituano começou o Paulista vencendo na estreia (3 a 1 no São Caetano), mas sabia que o jogo na Fonte Luminosa, em Araraquara, diante da Ferroviária, pela segunda rodada,, era muito perigoso.

``Precisávamos ter paciência. A Ferroviária tem bom conjunto e manteve o time que conquistou a Copa Paulista´´, lembrou o técnico do Ituano, Vinicius Bergantin.

Outra lembrança de vários jogadores do Ituano que estavam na temporada passada é que a Ferroviária venceu duas vezes o Galo de Itu.

``Nosso time sabia que seria jogo difícil. Viemos com o objetivo de não entrar no ritmo deles. E foi isso que aconteceu. Fizemos o nosso jogo. Marcamos o gol logo de cara que foi importante. Pena que sofremos o empate´´, falou o zagueiro Leo, que abriu o placar para o Ituano ainda no primeiro tempo, e sofreu o empate em 1 x 1 na segunda etapa.

``A gente fica com este gostinho que podia ter vencido porque estávamos na frente no placar. Se estivéssemos perdendo e empatasse seria diferente. Mas foi jogo fora de casa contra adversário difícil. Depois do gol da Ferroviária voltamos a crescer na partida. Mesmo assim, a gente segue bem no campeonato e com a cabeça boa. Mas se tivesse segurado um pouco mais poderíamos ter voltado com os três pontos´´, afirmou Vinicius Bergantin.

``Jogamos e marcamos. Tive a oportunidade de fazer um gol, mas não pude concluir bem. Jogando fora de casa o empate ficou de bom tamanho´´, disse o meia Guilherme.

Com o ponto conquistado, o Ituano segue líder do grupo A com 4 pontos.


JOGO 

O jogo começou com aparente domínio da Ferroviária e o Ituano controlando a partida. Tanto que nos primeiros 20 minutos foram apenas duas finalizações sem perigo da Ferroviária. No primeiro lance de perigo, o Ituano fez o gol. Após escanteio, Guilherme virou o jogo para o Correa, que lançou de primeira PARA Claudinho, dentro da área, que fez lindo lance para o zagueiro Leo marcar.

``Quando dominei a bola, vi o zagueiro vindo com tudo. Só tirei dele e ele passou direto. Aí foi só tocar para o Léo´´, contou Claudinho.

Leo, que marcou seu 10º gol pelo Ituano, comprova o bom entrosamento.

``Foi bola perfeita do Correa para o Claudinho, que quando dominou, passei gritando. Ele fez o passe e fui feliz em marcar o gol´´, disse.

Durante todo o primeiro tempo, a Ferroviária teve duas chances de empatar. Numa o goleiro Vágner fez boa defesa. Na outra, Hygor fez em impedimento bem anulado.

Nas outras tentativas, a Ferroviária buscava o empate através dos cruzamentos. O zagueiro Rodrigo Sam tirou todas. Justamente ele foi o protagonista de lance que assustou no início do segundo tempo. Após mais um cruzamento, o goleiro Vágner saiu para socar a bola e atingiu o rosto de Rodrigo Sam, que caiu no gramado sangrando. Atendido pelo médico Alexandre, teve que ser substituído por Ricardo Silva, que fez sua estreia.


No segundo tempo, a Ferroviária voltou buscando o empate. Além dos vários cruzamentos, o goleiro Vágner evitou duas finalizações de Velicka e Welinton Júnior. Antes do empate, o Ituano quase fez o segundo gol. Guilherme fez boa jogada, segurou a bola e rolou para Correa, que bateu forte. Passou perto.

O empate veio da única jogada que a Ferroviária conseguiu entrar pelo meio. Num lance que gerou dúvida pelo posicionamento de Leo Castro, ele recebeu passe preciso de Ikaro e tocou na saída de Vagner.

O Ituano não sentiu o empate e acreditou na possibilidade da segunda vitória seguida. Correa cobrou falta com perigo aos 25. Guilherme,, em dois lances, quase fez. No primeiro chute da entrada da área, o goleiro Tadeu fez boa defesa colocando para escanteio. Na cobrança, a bola voltou para Guilherme, que finalizou mais uma vez. Desta vez para fora.

Nos acréscimos, foi a vez de Juninho tentar e assustar o goleiro Tadeu.

``Estou contente com a performance dos dois jogos. Fomos coerentes. A gente vai tentar ficar um pouco mais com a bola. Estamos conseguindo controlar bem o jogo sem a bola. E com a bola a melhor fase nestes dois jogos foi depois do gol da Ferroviária, quando colocamos a bola no chão, rodamos bastante e esse é um ponto a ser evoluído´´, explicou Vinicius Bergantin.

``Nosso time estava fechadinho. Estávamos saindo no contra-ataque, rápido e objetivo. Poderíamos sim ter saído com a vitória´´, lamentou o zagueiro Leo.








Fonte: assessoria de imprensa do Ituano

XV de Piracicaba bate no Moleque Travesso na Javari pela Série A-2

Em sua estreia em casa no Campeonato Paulista da Série A-2 (Segunda Divisão), o Juventus sofreu. O Moleque Travesso perdeu por 1 a 0 para o XV de Piracicaba, em partida válida pela segunda rodada da competição. Everton, aos 16 minutos do primeiro tempo, foi o autor do gol.

``A atuação da equipe foi boa no conjunto, mas estamos pecando em alguns ajustes. Vamos aprimorar ainda mais nesses aspectos durante os treinos para evoluir na competição´´, explica o treinador do Juventus, Edmilson de Jesus.

A partida foi especial para o goleiro André Dias, do Juventus. No clube desde o final de 2013, ele alcançou a marca de 100 jogos no clube e foi homenageado no intervalo.

No XV, que havia perdido em casa na estreia, tudo virou festa. O técnico Evaristo Piza ficou satisfeito com o poder de reação do grupo, que entrou na competição como um dos favoritos ao título.


FICHA TÉCNICA

Juventus 0 x 1 XV de Piracicaba

Campeonato Paulista – Série A2 – 2ª rodada – 21 de janeiro da 2018
Estádio Conde Rodolfo Crespi (Javari)
Árbitro: Douglas Marques das Flores
Aulixares: Fausto Augusto Viana Moretti e William Trufelli Malaquias 
Renda: R$ 46,650,00 – Público: 2.536 pagantes
Cartão amarelo: Guly (XV de Piracicaba)
Gol: Everton, aos 16 minutos do primeiro tempo

Juventus
André Dias; Léo Cunha, Robson, Hebert e Felipe Saturnino; Janderson (Nata), Wendel, Baroni (Rafael) e Rosinei; Ricardinho (Weldon) e Jean Carlos
Técnico: Edmilson de Jesus

XV de Piracicaba
Samuel Pires; Danilo Melega, Vinícius Simon, Jean Pablo e Rubens Carvalho; Guly, Fraga, Jonathan Costa (André Cunha) e Léo Carvalho (Rafael Costa); Fabinho (Jobinho) e Everton.
Técnico: Evaristo Piza

Confira os resultados da segunda rodada da Série A-2:

Jogos de sábado - 20/01

Água Santa 0 x Portuguesa 1 (Luciano Sorriso)

São Bernardo 1 (Alvinho) x Votuporanguense 0

Guarani 2 (Erik x Rondinelly) x Nacional 0

Audax 0 x Penapolense 2 (Branquinho e Grafite)

Rio Claro 2 (Kadu e Sayão) x Oeste 2 (Bruno Lopes e Mazinho)

Sertãozinho 0 x Taubaté 2 (Bruno Ré e Wellington Melo)

Batatais 0 x 0 Inter de Limeira

Domingo - 21/1


Juventus 0 x XV de Piracicaba 1 (Everton)

CLASSIFICAÇÃO

1º Penapolense - 6 pontos
Taubaté - 6
3º Inter de Limeira - 4 pontos
Rio Claro - 4
Oeste - 4
São Bernardo - 4
Batatais - 4
8º Guarani - 3 pontos
Votuporanguense - 3
Portuguesa - 3XV de Piracicaba - 3
12º Nacional - 1 ponto
13º Juventus - 0
Água Santa - 0
Sertãozinho - 0
Osasco Audax - 0

ARTILHEIROS

3 GOLS:

Gustavo Sapeka

2 GOLS:

Tom (Inter de Limeira), Elvinho (Votuporanguense) e  Everton (XV)

1 GOL:


Marcondele (Audax), Cleber (Batatais), Erik e Rondinelly (Guarani), Medina e Nikão (Inter), Jean Carlos e Baroni (Juventus), Bruno Nunes (Nacional), Mazinho, Bruno Lopes e Henrique (Oeste), Branquinho, Grafite, Denis Neves e Tauã (Penapolense), Luciano Sorriso (Portuguesa), Kadu e Sayão (Rio Claro), Alvinho e Francismar (São Bernardo), Magrão (Sertãozinho), Bruno Ré, Wellington Melo e Flávio Carioca (Taubaté) e Fio (Votuporanguense)

Noroeste, Taboão e EC São Bernardo estão 100% na Série A-3



Terminou neste domingo (21/1) a segunda rodada do Campeonato Paulista da Série A-3 (Terceira Divisão). E três clubes seguem com 100% de aproveitamento, lutando pela liderança, e , principalmente, para ficar entre os oito primeiros colocados, após 19 rodadas, e garantir classificação para as quartas de final. Os clubes que saíram na frente são: EC São Bernardo, que venceu por WO no sábado (20), Taboão da Serra e Noroeste.

Com o estádio Décio Vitta, em Americana, interditado, a partida do Rio Branco diante do EC São Bernardo não aconteceu e o Cachorrão do Grande ABC ganhou os três pontos na moleza. Pelo regulamento da competição, WO significa 3 a 0.

Já o Taboão da Serra, do técnico Axel, jogando em casa e com o apoio da torcida, fez dois gols no segundo tempo, com Cecéu e Caio, diante do São Carlos, e colecionou a segunda vitória seguida.

Fora de casa, o Noroeste, do técnico Tuca Guimarães, mostrou que veio forte para a Série A-3 de 2018. Em Rio Claro, diante da torcida do Velo Clube, fez 1 a 0, gol de Gabriel Esteves.


Três partidas terminaram empatadas sem gols: Rio Preto x Matonense, Capivariano x Atibaia e Barretos x Grêmio Osasco.

Em casa, o Monte Azul fez com facilidade 3 a 0 em cima do Desportivo Brasil, gols de Lucas Cezani, Juca e Gustavo Henrique. Também diante da sua torcida, o Olímpia fez 2 a 0 em cima do Marília, gols de Léo Porto e Felipe Fumaça.


O Mogi Mirim mandou seu jogo na cidade de Itapira e ficou no empate em 2 a 2 diante da Portuguesa Santista. Já em Santa Bárbara D´Oeste, o União Barbarense bateu o Manthiqueira por 2 a 0.

Confira todos os jogos da segunda rodada da Série A-3:

Rio Branco 0 x 3 EC São Bernardo (WO)

Rio Preto 0 x 0 Matonense

Taboão da Serra 2 (Cecéu e Caio) x São Carlos 0

Capivariano 0 x 0 Atibaia

União Barbarense 2 (Rafael Magalhães e Igor) x Manthiqueira 0

Monte Azul 3 (Lucas Cezani, Juca e Gustavo Henrique) x Desportivo Brasil 0

Mogi Mirim 2 (Diogo e Robinho) x Portuguesa Santista 2 (Rafael Ferro e Léo Gonçalves)

Olímpia 2 (Léo Porto e Felipe Fumaça) x Marília 0

Barretos 0 x 0 Grêmio Osasco

Velo Clube 0 x Noroeste 1 (Gabriel Esteves)

CLASSIFICAÇÃO

1º EC São Bernardo - 6 pontos
Taboão da Serra - 6
Noroeste - 6
4º Monte Azul - 4 pontos
Capivariano - 
Atibaia - 4
Matonense - 4
8º Olímpia - 3 pontos
União Barbarense - 3
Velo Clube - 3
11º Barretos - 2 pontos
Portuguesa Santista - 2
Rio Preto - 2
14º Mogi Mirim - 1 ponto
Marília - 1
São Carlos - 1
Grêmio Osasco - 1
18º Manthiqueira - 0
Desportivo Brasil - 0
Rio Branco - 0

ARTILHARIA
2 GOLS Robinho (Mogi Mirim), Felipe (Olímpia) e Caio (Taboão)

1 GOL

Samuel e Paraíba (Atibaia), Zezinho e Hugo Rodrigues (Barretos), Bill, Erick Mamadeira e Welder (Capivariano), Andrezão, Bruno Gaúcho, Lucas Gomes e Nelsinho (EC São Bernardo), Du Gaia e Adilson (Marília), Ayrton e Rafael (Matonense), Diogo (Mogi Mirim), Lucas Cezane, Gustavo Henrique, Juca e Conrado (Monte Azul), Gabriel Esteves, Leandro Oliveira e Wellington (Noroeste), Léo Porto e Bruno (Olímpia), Léo Gonçalves e Rafael Ferro (Portuguesa Santista), Carlão (São Carlos), Rodrigo e Cecéu (Taboão), Rafael Magalhães e Igor (União Barbarense) e Danilo Pereira (Velo Clube)








sábado, 20 de janeiro de 2018

Penapolense e Taubaté estão 100% na Série A-2. Lusa e Guarani se reabilitam!

Falta apenas uma partida para o encerramento da segunda rodada da Série A-2 (Segunda Divisão) do Campeonato Paulista. Neste domingo (21/1), na Javari, o Juventus encara o XV de Piracicaba. Já nas sete partidas disputadas neste sábado (20), Penapolense e Taubaté venceram o segundo jogo consecutivo e seguem 100%. E Portuguesa e Guarani, que perderam na primeira rodada, conseguiram a reabilitação.

Em Osasco, no estádio José Liberatti, o Penapolense não tomou conhecimento do Audax, que perdeu a segunda partida consecutiva. A equipe da cidade de Penápolis, comandada pelo técnico Thiago Oliveira, venceu por 2 a 0, gols de Branquinho e Grafite.


Quem também manteve os 100% de aproveitamento foi o Taubaté, do técnico Alberto, que mesmo atuando na cidade de Sertãozinho, ganhou por 2 a 0, gols de Bruno Ré e Wellington Melo. O Touro dos Canaviais perdeu o segundo jogo seguido.

Na cidade de Diadema, o Água Santa, do técnico Jorginho, perdeu outra vez. E foi justamente no duelo diante da Portuguesa, de Guilherme, que ganhou por 1 a 0, gol do estreante Luciano Sorriso, e se reabilitou na Série A-2.

Outro clube que se reabilitou foi o Guarani, mas dentro de casa, com o apoio da sua torcida. O Bugre bateu o Nacional, gols de Erik e Rondinelly.


Confira os resultados da segunda rodada da Série A-2:
Jogos de sábado - 20/01

Água Santa 0 x Portuguesa 1 (Luciano Sorriso)

São Bernardo 1 (Alvinho) x Votuporanguense 0

Guarani 2 (Erik x Rondinelly) x Nacional 0

Audax 0 x Penapolense 2 (Branquinho e Grafite)

Rio Claro 2 (Kadu e Sayão) x Oeste 2 (Bruno Lopes e Mazinho)

Sertãozinho 0 x Taubaté 2 (Bruno Ré e Wellington Melo)

Batatais 0 x 0 Inter de Limeira

CLASSIFICAÇÃO

1º Penapolense - 6 pontos
Taubaté - 6
3º Inter de Limeira - 4 pontos
Rio Claro - 4
Oeste - 4
São Bernardo - 4
Batatais - 4
8º Guarani - 3 pontos
Votuporanguense - 3
Portuguesa - 3
11º Nacional - 1 ponto
12º Juventus - 0
XV de Piracicaba - 0
Água Santa - 0
Sertãozinho - 0
Osasco Audax - 0

ARTILHEIROS

3 GOLS:

Gustavo Sapeka

2 GOLS:

Tom (Inter de Limeira) e Elvinho (Votuporanguense)

1 GOL:


Marcondele (Audax), Cleber (Batatais), Erik e Rondinelly (Guarani), Medina e Nikão (Inter), Jean Carlos e Baroni (Juventus), Bruno Nunes (Nacional), Mazinho, Bruno Lopes e Henrique (Oeste), Branquinho, Grafite, Denis Neves e Tauã (Penapolense), Luciano Sorriso (Portuguesa), Kadu e Sayão (Rio Claro), Alvinho e Francismar (São Bernardo), Magrão (Sertãozinho), Bruno Ré, Wellington Melo e Flávio Carioca (Taubaté), Fio (Votuporanguense) e Everton (XV)

Tiago Real está animado com a Ponte Preta


Uma estreia para dar confiança. Foi assim que o meia Tiago Real definiu o triunfo da Ponte Preta sobre o Corinthians. Com um a menos desde o primeiro tempo, a Macaca conseguiu superar o atual campeão paulista e brasileiro em pleno Pacaembu: 1 a 0.

Decisivo já em sua primeira partida, o jogador foi o responsável pela assistência que garantiu a vitória por 1 a 0. Feliz, Tiago Real comemorou a estreia e destacou a importância do resultado.

``Foi vitória excelente. Você começar o ano, com time praticamente novo e apenas 15 dias de preparação, não é fácil. É resultado que indica que estamos no caminho certo, ainda mais jogando contra adversário forte, que veio de grande temporada. Nos dá confiança. Individualmente também fiquei bastante feliz pela assistência, mas principalmente pela vitória na estreia. Estamos formando equipe competitiva, com atletas da base e outros  experientes. Temos muito a crescer, mas já foi grande início´´, avaliou o atleta de 28 anos.


Na segunda rodada, a Ponte Preta recebe no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, o Linense, adversário que requer cuidado, de acordo com o meia.

``Agora é seguir em frente porque temos muitos jogos na competição e almejamos chegar na final. Não tem jogo fácil no Paulistão, vamos enfrentar equipe que perdeu na estreia e certamente virá com tudo em busca da vitória. Precisamos respeitar o Linense, mas sabemos da nossa capacidade. Temos condições de enfrentar qualquer time de igual para igual´´, finalizou.


O duelo entre Ponte Preta e Linense acontece neste domingo (21/1), às 19h30.





Fonte: AV

Cesinha comemora classificação da Portuguesa às semifinais da Copinha


A Portuguesa está nas semifinais da Copa São Paulo de Futebol Júnior, a popular Copinha. A classificação, suada, aconteceu na noite de sexta-feira (19/1), quando a Lusa eliminou o favorito Palmeiras, no Pacaembu.
 

No tempo normal, a partida ficou empatada em 1 a 1, com gols de Twauan, cobrando pênalti, para a Portuguesa, e Yan para o Palmeiras.

Coma a igualdade, a decisão foi para os pênaltis e a Lusa venceu por 3 a 2. O goleiro Matheus.

O lateral Cesinha, titular da partida, comemorou muito a classificação da Portuguesa.

``Estou muito feliz pela conquista. Apesar das dificuldades, conseguimos ir avançando na competição. Classificamos pela humildade e obediência tática que tivemos em campo. Conseguimos segurar o Palmeiras, que é muito forte. Muitos não acreditavam na Portuguesa, mas nós sim e nunca desistmos. Agora é se preparar para o próximo desafio na Copinha´´, explica Cesinha.

A Portuguesa enfrentará na semifinal o Flamengo, que venceu o Avaí por 1 a 0, em Barueri. O jogo está marcado para segunda-feira (22), às 17h30, no Pacaembu.

Na outra semifinal, o São Paulo medirá forças diante do Internacional.

Os vencedores farão a grande final, dia 25 de janeiro, no Pacaembu.




Fonte: Tuddo

Rio Branco perde por WO na segunda rodada da Série A-3



A torcida do Rio Branco, da cidade de Americana, está apreensiva logo na segunda rodada do Campeonato Paulista da Série A-3 (Terceira Divisão). Depois de estrear, fora de casa, perdendo para o Atibaia por 2 a 0, o Tigre, antes mesmo do pontapé inicial da segunda rodada, já colecionou a segunda derrota. E pasmem! Por WO! Vergonha!

O motivo do WO? Desleixo da diretoria do Rio Branco! Como o est
ádio Décio Vitta, em Americana, está interditado e sem providenciar a documentação para voltar a sediar o futebol, os dirigentes deveriam ter solicitado outra praça para mandar o jogo contra o EC São Bernardo, neste sábado (20/1), às 16 horas. E não cumpriram o prazo.

O resultado de tamanha falta de profissionalismo? O Rio Branco perdeu por WO para o EC São Bernardo. Ou seja, de acordo com o regulamento da competição, o Cachorrão do Grande ABC é o vencedor por 3 a 01

Azar  do Rio Branco e sorte do EC São Bernardo, que subiu da Quarta para a Terceira Divisão na temporada passada. O Cachorrão, que havia vencido na estreia, de virada, por 4 a 2 diante do Olímpia, faz agora 3 a 0 (por WO) e e assume a liderança isolada da Série A-3, agora com seis pontos.

Vale lembrar que outras duas equipes estavam na mesma situação do Rio Branco, ou seja, com o estádio interditado: Velo Clube, de Rio Claro; e Mogi Mirim. E ambos cumpriram os prazos estabelecidos. O Velo Clube enfrentará o Noroeste em Piracicaba, no estádio Barão de Serra Negra; enquanto o Mogi atuará contra a Portuguesa Santista na cidade de Itapira, no estádio Coronel Francisco Vieira.


CLASSIFICAÇÃO

1º EC São Bernardo - 6 pontos
2º Capivariano - 3 pontos
Atibaia - 3
Taboão da Serra - 3
Matonense - 3
Noroeste - 3
Velo Clube - 3
8º Barretos - 1 ponto
Marília - 1
São Carlos - 1
Monte Azul - 1
Portuguesa Santista - 1
Rio Preto - 1
14º Mogi Mirim - 0
Desportivo Brasil - 0
Olímpia - 0
Manthiqueira - 0
União Barbarense - 0
Rio Branco - 0
Grêmio Osasco - 0  

ARTILHARIA

1 GOL


Samuel e Paraíba (Atibaia), Zezinho e Hugo Rodrigues (Barretos), Bill, Erick Mamadeira e Welder (Capivariano), Andrezão, Bruno Gaúcho, Lucas Gomes e Nelsinho (EC São Bernardo), Du Gaia e Adilson (Marília), Ayrton e Rafael (Matonense), Robinho (Mogi Mirim), Conrado (Monte Azul), Leandro Oliveira e Wellington (Noroeste), Bruno e Felipe (Olímpia), Carlão (São Carlos), Rodrigo e Caio (Taboão) e Danilo Pereira (Velo Clube)

2ª rodada da Série A-3

Rio Branco 0 x 3 EC São Bernardo (WO)

Sábado - 20/1

Rio Preto x Matonense
Taboão da Serra x São Carlos
Capivariano x Atibaia
União Barbarense x Manthiqueira

Domingo - 21/1

Monte Azul x Desportivo Brasil
Mogi Mirim x Portuguesa Santista
Olímpia x Marília
Barretos x Grêmio Osasco
Velo Clube x Noroeste


sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Guarani ganha terceiro uniforme do novo patrocinador

Patrocinadora do Guarani Futebol Clube, a Topper lançou nesta sexta-feira (19/1) a camisa 3, manto que vai acompanhar o elenco bugrino no Campeonato Paulista Série A-2 (Segunda Divisão) e na Série B do Brasileiro 2018.

O principal destaque do lançamento é a presença de grafismo listrado em dois tons de verde, com detalhe de friso branco, que evidencia as duas tonalidades.

A gola do uniforme é predominantemente verde, com decote “V” na cor branca. As mangas com barra de 4 cm têm tecido liso e possuem friso contrastante na cor branca.

O escudo do clube foi desenvolvido em etiqueta tear termocolante, com estrelas bordadas, e o logo da Topper em bordado com fundo em tecido acetinado brilhante. Outro destaque é a etiqueta listrada com aplicação nas cores verde e branco e logo da marca.       

Na parte da frente da camisa e próximo à barra, o uniforme conta com a etiqueta termocolante de legitimidade nas cores azul e prata em efeito 3D.

Desenvolvida pela marca esportiva, a tecnologia DryCool de absorção e difusão de suor proporciona maior leveza, conforto e respirabilidade durante o uso.

A venda da terceira camisa do Guarani inicia neste sábado (20), na loja oficial do clube, por R$ 199,99.







Fonte e foto: medialink

Pelo Paulistão, São Bento enfrenta o Mirassol com retrospecto negativo

O São Bento enfrenta o Mirassol neste sábado (20/1), às 16h30, no Estádio José Maria de Campos Maia (Maião), na cidade de Mirassol, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. Na estreia da competição, o Bentão venceu, em casa, o São Paulo por 2 a 0, enquanto a equipe mirassolense perdeu, fora de casa, para o Novorizontino por 3 a 1.

O Azulão sorocabano é o terceiro colocado do Grupo C, com três pontos, mesma pontuação de Palmeiras e Novorizontino, respectivamente, primeiro e segundo colocados. Já o Leão da Alta Araraquarense, sem ponto algum, segura a lanterna do Grupo D.

Como visitante, o São Bento venceu o Mirassol apenas uma vez. A única vitória beneditina na casa do Leão aconteceu na última rodada da primeira fase do Paulistão do ano passado. Com gol de Ricardo Bueno, de pênalti, o Bentão venceu por 1 a 0, no Maião, resultado que garantiu a permanência do time de Sorocaba na elite do futebol paulista.

No geral, foram realizados 11 confrontos entre eles no Estádio Maião, na cidade de Mirassol, com sete vitórias dos donos da casa, três empates e uma vitória do São Bento.

Retrospecto favorável ao Leão

Rivais desde 1992, as duas equipes já se enfrentaram 19 vezes. Foram oito vitórias do Leão, seis empates e cinco triunfos do São Bento. O Mirassol marcou 26 gols, contra 20 gols do Bentão.

No último confronto houve empate por 1 a 1, no Estádio Walter Ribeiro (CIC), em Sorocaba, pela segunda rodada do Troféu do Interior do ano passado. Zé Roberto marcou para o Mirassol no primeiro tempo, e Ricardo Bueno marcou para o São Bento na segunda etapa da partida.





Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

Ferroviária se apoia em retrospecto para vencer Ituano em Araraquara

A Ferroviária recebe o Ituano neste sábado (20/1), às 21 horas, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. Na estreia, a Ferrinha empatou, fora de casa, com o Red Bull Brasil por 0 a 0, enquanto o Galo de Itu venceu, em casa, o São Caetano por 3 a 1.

A equipe araraquarense segura a lanterna do Grupo C, com um ponto ganho. Já o Galo de Itu é o líder do Grupo A, com três pontos.

Em busca da primeira vitória na competição, a Ferrinha se apoia em retrospecto para vencer Ituano.

Nos 18 confrontos contra os rubro-negros de Itu, desde 1990, o time grená de Araraquara conquistou oito vitórias, cinco empates e sofreu cinco derrotas, assinalou 25 gols e sofreu 19.

Além do bom retrospecto, nas oito vezes em que recepcionou o rival da Terra dos Exageros em seus domínios, a Ferroviária venceu cinco jogos, empatou dois e sofreu apenas um revés. A única derrota foi por 3 a 0, pela Copa Paulista de 2011.

No encontro mais recente, com gols de Tiago Marques (2) e Ranieri, a Ferrinha venceu o Ituano por 3 a 0, no Estádio Novelli Júnior, em Itu, pela terceira rodada do Troféu do Interior do ano passado.





Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Red Bull Brasil é o único clube paulista sem processos trabalhistas


Uma análise da situação processual trabalhista dos clubes de São Paulo apontou que, entre processos em execução e aqueles que se encontram em fase de conhecimento, os 52 clubes que disputam as divisões paulistas das Séries A-1 (Paulistão), A-2 (Segunda Divisão) e A-3 (Terceira Divisão) somam 2.285 processos trabalhistas. E existe apenas um que não tem problema algum extra-campo: Red Bull Brasil.

Vale lembrar que existem 16 clubes disputando o Paulistão, 16 na Série A-3 e outros 20 participando da Série A-3. 


Para ser ter ideia mais clara quanto à responsabilidade das partes num processo, há de se considerar que o procedimento judicial se divide em duas fases.  

A fase inicial que é aquela que se discute o mérito, ou seja, “a razão do caso”. Já a segunda define a decisão dada na primeira fase. Esta etapa final é conhecida juridicamente como “fase de execução”.  

São 29 clubes que têm processos já na fase de execução, ou seja, não cabe mais discussão quanto ao mérito, ou seja, quanto a quem tinha razão. 

Esse trabalho aponta o Red Bull sem nenhum processo em quaisquer das fases judiciais. O clube é o espelho que se quer ver refletir no futebol profissional em nosso país, de organização e respeito às obrigações assumidas. 

Essa pesquisa serve, não somente para o controle do Sindicato de Atletas de São Paulo, mas, principalmente, para orientar o atleta que procura o Sindicato quando necessita de posicionamento acerca do clube que tem interesse em seu trabalho, e está prestes a firmar contrato. 

Sabendo dos problemas que pode enfrentar em uma escolha errada, o atleta consegue gerenciar os riscos porque recebeu orientação da situação do clube. 

O Red Bull Brasil é a materialização da premissa defendida pelo Sindicato há anos, o resultado no campo de jogo é reflexo da organização fora, principalmente quanto à valorização da dignidade do trabalhador atleta profissional. 


Tatá destaca entrega do Red Bull Brasil na estreia do Paulistão

O Red Bull Brasil iniciou sua trajetória no Paulistão empatando em casa com a Ferroviária, sem gols. Titular no confronto, o atacante Tatá falou sobre o resultado e destacou a entrega do grupo durante os 90 minutos.

``Claro que gostaríamos de ter vencido a partida, mas valeu a entrega e a luta da equipe durante os 90. Criamos chances, tivemos equilíbrio tático e isso foi importante. Vamos manter essa pegada agora nas próximas partidas para brigarmos por classificação em nosso grupo´´, disse.

Ainda de acordo com o jogador, o foco do grupo é o duelo com o Santo André, fora de casa, no domingo (21/1). 

``Vamos ter partida muito complicada pela frente diante do Santo André. Temos que estar preparados. Precisamos buscar grande resultado fora de casa para iniciarmos boa sequência nas próximas rodadas do Paulista´´, disse.







Fontes: Tuddo e Maurício Naiberg 

Carlão acredita em evolução do São Caetano na sequência do Paulista


O tropeço contra o Ituano na estreia do Campeonato Paulista não estava nos planos do São Caetano. Apesar disso, a confiança do elenco é grande em se recuperar na competição o mais rápido possível.

Autor do gol do São Caetano na derrota (3 a 1) para o Galo de Itu, o atacante Carlão ressalta o desejo de melhorar nos duelos seguintes da disputa.

``O resultado não era o planejado, mas ficamos felizes pelo comportamento da equipe no segundo tempo. Tomamos o gol quando estávamos melhores. Acredito que o time está evoluindo, tanto que os jogadores que entraram no segundo tempo conseguiram nos ajudar´´, afirmou.
Após quatro temporadas, São Caetano e Corinthians voltam a se enfrentar por competições oficiais. De olho neste compromisso, Carlão analisa a importância deste duelo para a sequência do Pequeno Gigante na disputa do Estadual.

``O campeonato é muito curto, por isso, precisamos tentar pontuar de qualquer forma. Infelizmente contra o Ituano não conseguimos e agora contra o Corinthians tudo pode acontecer. Vamos fazer de tudo para conseguir vencer´´, destacou o atacante.

Pela segunda rodada da Série A-1 do Campeonato Paulista, Azulão e Timão jogam neste domingo (21), às 19h30, no Pacaembu.






Fonte: assessoria de imprensa do São Caetano

Vinicius Bergantin vibra com vitória do Ituano na estreia do Paulistão


Foi boa noite de estreia do Ituano no Paulistão. No confronto de dois campeões Estaduais, o bicampeão de 2002 e 2014 venceu o campeão de 2004, São Caetano, por 3 a 1. Além do bom resultado, o Galo de Itu voltou a vencer na primeira rodada após seis anos. A última havia sido em 2012, contra o Guaratinguetá, por 3x0, também no estádio Novelli Júnior.

``Foi muito boa! Com um gol meu, ajudando o time e mais importante ainda com vitória. Na estreia sempre tem o peso da ansiedade. E fiquei sabendo que o Ituano há anos não vencia o primeiro jogo. Isso é muito importante para os jogadores, comissão técnica e  clube, começar o campeonato vencendo´´, disse Sciola, que marcou um dos gols.

Sciola é um dos sete reforços que estrearam no Ituano. O outro aspecto foi vencer o São Caetano, adversário sempre muito difícil e com retrospecto muito favorável. Eram oito vitórias contra três em 14 jogos.

``Fico contente em estar quebrando pequenos tabus. É sempre bom estrear com vitória. Ainda mais contra o São Caetano, que sempre foi difícil. Tive a oportunidade de jogar lá em 2001, no vice-campeonato Brasileiro. Sempre montam bons elencos e dão muito trabalho nos campeonatos que disputam. Por isso temos que valorizar a vitória´´, afirmou o técnico Vinicius Bergantin, que também fez sua estreia após ser efetivado na nova função.

O outro aspecto positivo foi a boa presença do público. Os 1.431 torcedores no primeiro jogo pode parecer pouco. Mas desde 1994 o Novelli Júnior não recebia esta quantidade. Naquele ano foram 1.534 para ver um 0 a 0 com o Mogi Mirim. 
 

JOGO
Os primeiros 15 minutos de jogo foi de intensa pressão do Ituano. A melhor chance foi aos sete minutos. Ronaldo fez boa jogada e deixou Claudinho livre, que soltou uma bomba. Helton Leite espalmou e Guilherme aproveitou o rebote e Helton fez nova defesa.

Em outro lance, Helton apareceu bem novamente ao defender chute de Ronaldo. O primeiro gol saiu aos 36. Claudinho lançou Guilherme na direita, que encarou os dois zagueiros do São Caetano e tocou para Igor marcar de pé esquerdo.

``Dentro de campo nós temos que surpreender. O Guilherme fez bela jogada e tocou para trás para mim. Não pensei duas vezes em chutar. Mesmo com o pé esquerdo´´, disse o lateral direito Igor, que também fez sua estreia.

O segundo gol saiu após escanteio de Corrêa, que retornou ao Ituano após 16 anos. Sciola que também estreava cabeceou forte para fazer 2 a 0.

``Tínhamos o planejamento de começar a partida sufocando. O São Caetano tem contra-ataque rápido e não poderíamos perder a organização defensiva. Jogando em casa tínhamos que nos impor. Deu certo. Só no início do segundo tempo que a gente deveria voltar um pouco mais aceso. Era normal que perdendo por 2 a 0 eles se atirariam ao ataque. Mas no contexto geral o Ituano fez boa estreia´´, analisou Vinicius Bergantin.


O São Caetano voltou para a segunda etapa com duas alterações e melhorou. Fez o seu gol aos nove minutos. Numa bola longa para dentro da área, o zagueiro Domingos cabeceou para a pequena área e Carlão cabeceou forte para vencer o goleiro Vagner.

Vinicius fez a primeira alteração e promoveu mais uma estreia. Entrou o meia Juninho. Mas o gol que confirmou a vitória foi construído por jogadores que já estão há um tempo no clube. Guilherme desceu pela esquerda e achou Ronaldo, que foi travado na entrada da área. A bola espirrou para Claudinho, que teve a calma necessária para ajeitar e bater no canto do goleiro Helton.

``Ótima estreia do Ituano! Sempre bom começar campeonato com vitória e fazendo três gols. O planejamento da pré temporada foi bem feito. Colocamos em prática neste primeiro jogo. Os jogadores estavam muito concentrados e empenhados, souberam lidar muito bem com a ansiedade da estreia e conseguiram resultado merecedor´´, disse o treinaor.

``Trabalhamos intensamente na preparação. Temos que enaltecer os vídeos que o Vinicius nos mostrou. Nos apresentou toda característica dos jogadores do São Caetano. Quando chegou o jogo nós já estávamos preparados. Temos que valorizar cada um deste grupo que procurou se doar ao máximo. Por exemplo, o Claudinho que nos 90 minutos de jogo estava dando carrinho. É isso que nos leva a vitória´´, comentou Sciola.

``Não podia ser melhor. Agradeço demais a toda a confiança do Vinicius e a comissão técnica. Nos preparamos demais para esta estreia. Estou muito feliz pela vitória e também pelo meu gol´´, disse Igor Vinicius. 







Fonte: assessoria de imprensa do Ituano