terça-feira, 28 de março de 2017

Novo clube de São João da Boa Vista é lançado e projeta construção de CT

Mais novo clube do futebol brasileiro, o Hinnes FC foi lançado na noite da última segunda-feira (27/3). O evento realizado na Casa Bisutti, em São Paulo, reuniu dezenas de autoridades esportivas, profissionais de imprensa e empresários.

A agremiação tem sede administrativa em Santos, mas mandará seus jogos em São João da Boa Vista, cidade de aproximadamente 90 mil habitantes do interior do Estado. A meta é disputar o Campeonato Paulista da Quarta Divisão em 2018, além de competições nas categorias de base.

O Hinnes conta como um de seus gestores o zagueiro Marcelo, revelado pelo Santos e atualmente no Besiktas, da Turquia. Ao seu lado estão o advogado Marcio Cruz, especialista em Direito Desportivo, e o ex-atleta Cleber Lima.

``O evento foi grande sucesso, com a presença do prefeito de São João da Boa Vista, Vanderlei Borges de Carvalho, acompanhado de diversas autoridades do esporte da cidade, além de empresários interessados em investir e patrocinar nosso projeto. Quero agradecer também o comparecimento de representantes dos veículos de comunicação, que estão dando ampla divulgação ao Hinnes´´, disse Marcio Cruz.

POR QUE HINNES?

O nome do novo clube foi uma escolha de Marcelo. O zagueiro decidiu usar uma gíria americana, que faz referência a quem é vencedor, bem-sucedido, mas sempre com fair-play e procurando transmitir conhecimentos e valores morais.

``Somos um clube-empresa, que visa resultados esportivos e retorno aos investidores. Mas tudo será feito dentro dos mais rigorosos princípios éticos. Também nos preocupamos com aspectos sociais e ambientais. O nome Hinnes acaba resumindo muito bem os nossos propósitos´´, explicou o antenado atleta de 29 anos.

CENTRO DE TREINAMENTOS

Ainda no primeiro semestre de 2017, o Hinnes pretende iniciar a construção do seu centro de treinamentos. O complexo deve contar com até cinco campos, alojamentos e completa estrutura de musculação e departamento médico.

Na segunda metade do ano, será iniciada a formação das comissões técnicas e elenco das equipes profissional e de categorias de base.

Penapolense desafia Portuguesa, no Canindé, por vaga no G-4 da Segunda Divisão

Após golear o Mogi Mirim na última rodada da Segunda Divisão (Série A-2) do Campeonato Paulista, por 4 a 0, fora de casa, o Penapolense briga agora por uma das quatro vagas nas semifinais. Com 23 pontos e na quinta colocação, o time de Edson Só quer entrar no G-4 o mais rápido possível e o próximo adversário é a Portuguesa, de Estevam Soares. 

O duelo com a Lusa será nesta quarta-feira (29/3), no Canindé, às 20 horas, pela 14ª rodada da Segunda Divisão. Como a diferença para o quarto colocado na classificação, o Rio Claro, é de apenas um ponto, o Penapolense não pensa em outro resultado a não ser a vitória, como destaca o lateral Crystian. 

``Estamos a três pontos do líder. Vamos fazer a nossa parte nesta quarta-feira e torcer para o tropeço de algum desses times que estão na nossa frente. Sabemos que jogar contra a Portuguesa não vai ser fácil. Eles estão brigando na parte de baixo da tabela de classificação e jogando em casa entrarão em campo para somar pontos. Estamos bem preparados e só pensamos em fazer bom jogo e conquistar mais uma vitória fora de casa´´, falou Crystian. 

O Penapolense treinou na manhã desta terça-feira (28) e, na sequência, seguiu viagem para São Paulo. 

Há seis rodadas do final da primeira fase, além de Portuguesa, o time de Penápolis medirá forças com o Taubaté, Capivariano, Sertãozinho, Bragantino e São Caetano.
 



Fonte: Tuddo

Ituano precisa vencer Red Bull e secar o Botafogo para se classificar

O Ituano entrará em campo nesta quarta-feira (29/3) para buscar a classificação à próxima fase do Campeonato Paulista. Sem depender apenas de sua força, o Galo de Itu precisa vencer o Red Bull Brasil, em casa, e ainda torcer pela derrota do Botafogo, em Ribeirão Preto, diante da Ferroviária, e ainda tirar uma diferença de quatro gols de saldo. Missão ingrata e muito difícil de ser conseguida! 

Além da classificação para a próxima fase, o Ituano buscará uma vaga para a Série D do Campeonato Brasileiro do próximo ano. 

``Nossa preparação está intensa e voltada para o esquema de jogo utilizado pelo Red Bull Brasil. Enquanto houver 1% de chance vamos acreditar na classificação. Esse jogo é de total importância para a classificação no Paulista e a vaga na Série D do ano que vem´´, contou o atacante Claudinho. 

No Grupo A, o Ituano tem 13 pontos, atrás de Botafogo com 16, e do líder Corinthians, com 21, e já classificado. 

O Galo de Itu recebe no Novelli Júnior o Red Bull Brasil, nesta quarta-feira, às 21h45, pela última rodada da primeira fase do Paulistão.





Fonte: Tuddo

Pela Segunda Divisão, Taubaté defende tabu contra o Guarani no Joaquinzão

Na quinta-feira (30/3), no estádio Joaquim de Moraes Filho (Joaquinzão), às 19h15, Taubaté e Guarani se enfrentam no fechamento da 14ª rodada da Segunda Divisão (Série A-2) do Campeonato Paulista. Na rodada passada, o Burrão empatou, fora de casa, com o Votuporanguense por 2 a 2. Já o Bugre venceu, fora de casa, o Água Santa por 2 a 1.

As duas equipes somam 20 pontos cada e buscam a vitória para colar no Rio Claro, que fecha o G-4, com 24 pontos ganhos.

No momento, a equipe do Vale do Paraíba, por ter saldo positivo de três, contra dois do Guarani, é o sétimo colocado da competição. O Bugre aparece na oitava posição da tabela.

Como mandante, o Taubaté não perde para o Guarani há quase 36 anos. A última derrota em casa para o Bugre foi em 24 de maio de 1981, por 2 a 1, pelo Paulistão daquele ano. De lá para cá, foram mais sete confrontos no Joaquinzão, com duas vitórias do Burão e cinco empates.

Retrospecto favorável ao Bugre

Rivais desde 1947, eles mediram forças em 44 oportunidades, com vantagem da equipe campineira. São 17 triunfos do Guarani, contra 13 do Taubaté, e 14 empates. O Bugre também leva vantagem em gols marcados, 78 contra 61.

No encontro mais recente, houve empate por 1 a 1, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, pela segunda rodada da Segunda Divisão (Série A-2) do ano passado. Os gols do jogo aconteceram no segundo tempo. Gabriel Rodrigues marcou para o Guarani, aos 4 minutos. Bruno Aquino, de pênalti, igualou o placar, aos 10 minutos.




Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

Marília e Paulista se encontram na Terceira Divisão depois de 22 anos

Em jogo de seis pontos, Marília e Paulista jogam nesta quarta-feira (29/3), às 20 horas, no Estádio Bento de Abreu Sampaio Vidal (Abreuzão), pela 15ª rodada do Campeonato Paulista da Terceira Divisão (Série A-3). Na rodada passada, as duas equipes venceram jogando em casa. O Tigre do Oeste derrotou o São Carlos por 1 a 0, em Marília, e o Galo da Japi bateu a Portuguesa Santista por 2 a 1, em Jundiaí.

São duas equipes de tradição do interior paulista que lutam para não serem rebaixadas para Quarta e última divisão do estadual. O MAC é o 14ª colocado, com 20 pontos, e o Tricolor jundiaiense vem uma posição abaixo, abrindo a  zona da degola, com 19 pontos.

Ao longo da história, Marília e Paulista se enfrentaram 15 vezes pelo Paulistão entre 1975 e 2009, com sete triunfos do Galo da Japi, três do MAC e cinco empates.

Também foram cinco duelos pela Série B do Brasileiro de 2003 a 2006, com duas vitórias do Tigre do Oeste, uma do Paulista e dois empates.

Reencontro na Terceirona 22 anos depois

Em 1995, eles duelaram pela Terceira Divisão (Série A-3), com empate por 1 a 1, em Jundiaí, e vitória do Paulista por 1 a 0, em Marília.


No encontro mais recente, com dois gols de Thiago Santos e outro de Cortez, o Marília venceu o Paulista por 3 a 0, no Abreuzão, pela 11ª rodada da Segunda Divisão (Série A-2) de 2016, ano que as duas equipes foram rebaixadas a Série A-3.




Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

Na luta contra o rebaixamento, Santo André busca a vitória diante do lanterna Audax

A situação do Santo André é delicada na tabela de classificação do Campeonato Paulista, onde já corre o risco de rebaixamento no ano seguinte após o título da Segunda Divisão (Série A-2). A equipe ocupa a terceira posição no grupo C, com apenas 11 pontos, mas ainda depende somente de si para se livrar da queda.

O Ramalhão joga nesta quarta-feira (29/3), às 21h45, diante do lanterninha Osasco Audax, que possui nove pontos e também briga contra o rebaixamento e precisa desesperadamente da vitória e de combinação de resultados.


O meia Garré promete não medir esforços para tirar o Santo André do sufoco.

``Vamos jogar contra adversário direto, que também luta contra o rebaixamento. Precisamos vencer para salvar nosso semestre. Não podemos e não vamos cair. Vamos dar de tudo dentro de campo para ganhar. Nosso único pensamento são os três pontos´´, disse o jogador.

A partida entre as duas equipes acontece na cidade de Osasco, no estádio José Liberatti. è tudo ou nada para as duas equipes. E o empate pode acabar rebaixando Audax e Santo André.







Fonte: P2 

Red Bull Brasil encara Ituano de olho no Torneio do Interior

O Red Bull Brasil entra na última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista sem chances de avançar às quartas de final, mas isso não significa entregar os pontos na partida desta quarta-feira (29/3), às 21h45, contra o Ituano, fora de casa.

``Quando assinamos o contrato com o Red Bull Brasil, nos colocamos à disposição até o fim e temos obrigação de honrar esse contrato e tudo o que o clube nos oferece´´, disse o meia Fillipe Soutto.

A vitória mantém o clube campineiro no Paulistão 2018, independentemente dos outros resultados da última rodada da primeira fase. Além disso, o Toro Loko pode se preparar para a disputa do Troféu do Interior.

``A gente defende a manutenção da equipe e a disputa do Troféu do Interior. É importante para a instituição e para nós jogadores entrarmos focados nessa partida´´, completou Soutto.

No ano passado, o Red Bull Brasil enfrentou o Ituano em três oportunidades, uma pelo Paulistão e duas pela Copa Paulista. No total, uma vitória para o time de Itu e duas para o Toro Loko.







Fonte: assessoria de imprensa do Red Bull Brasil

Humildade é a arma do Botafogo para garantir vaga nas quartas de final do Paulistão

Falta muito pouco. Apenas um ponto separa o Botafogo (veja mascote ao lado) das quartas de final do Campeonato Paulista, onde o adversário será o Corinthians. O Pantera entrará em campo nesta quarta-feira (29/3), diante da Ferroviária, às 21h45, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, para carimbar a segunda vaga do Grupo A. Só o Ituano tem chances matemáticas de roubar a vaga do Tricolor.

O SporTV transmite ao vivo para todo Brasil o duelo entre Botafogo x Ferroviária. Narração de Odinei Ribeiro, comentários de Luiz Ademar e reportagens de Thiago Crespo e André Aranha.


Dependendo apenas de suas forças, já que está na segunda colocação do Grupo A, com 16 pontos, e o terceiro colocado é o Ituano, com 13, o Botafogo não quer entrar na euforia e prega um passo de cada vez. A humildade será o segredo do sucesso.

``Conseguimos resultado importante na última rodada, vencendo fora de casa o Red Bull Brasil, e agora só falta um passo. Estamos preparados. O Botafogo tem aproveitado muito bem os jogos em casa. Sem contar que a vitória também dá possível vaga na Copa do Brasil. Mas vamos com calma, pensando primeiro em fazer a nossa parte e conquistar a classificação´´, disse o lateral Samuel Santos. 

Os outros grupos já definiram seus classificados. Grupo B Linense e São Paulo, Grupo C Palmeiras e Novorizontino e Grupo D Santos e Ponte Preta.

Rodrigo Thiesen prega concentração na última rodada do Paulistão

Vitória, assistência e classificação bem encaminhada. Assim foi o último domingo (26) de Rodrigo Thiesen. O volante do Botafogo, que entrou no segundo tempo, teve atuação decisiva no triunfo fora de casa por 2 a 0 diante do Red Bull Brasil. Foi dele o lançamento que resultou no segundo gol, que sacramentou a vitória do Pantera.

``Foi muito importante a vitória fora de casa porque nos deixou em ótimas condições para classificar. Além do resultado, fiquei feliz também por ter contribuído com uma assistência em nossa primeira vitória fora no campeonato. O grupo vem crescendo na reta final, tanto é que já são cinco partidas sem derrota”´´, avaliou o jogador, que completa 50 jogos pelo clube na próxima rodada.

Nesta quarta-feira (29), o Botafogo recebe em casa a Ferroviária e, apesar da vaga para as quartas de final estar praticamente garantida, Rodrigo Thiesen prega concentração e respeito ao adversário.

``Não existe euforia no clube. Temos consciência que a vaga ainda não está 100% garantida. Estamos com os pés no chão e vamos concentrados para este último jogo da primeira fase. A Ferroviária precisa da vitória e vai dificultar as coisas para nós´´, concluiu.







Fontes: Tuddo e AV

Vica assume comando do XV de Piracicaba para tentar evitar o rebaixamento à Terceira Divisão

A diretoria do XV de Piracicaba acertou na última segunda-feira (27/3) a contratação do técnico Vica para as seis últimas rodada do Campeonato Paulista da Segunda Divisão (Série A-2). Experiente e vencedor, o treinador de 56 anos fez história em clubes como o Santa Cruz, onde conquistou o título da Série C do Brasileiro de 2013, e ASA-AL, equipe que dirigiu por cerca de cinco anos, conquistando dois estaduais e um acesso à Série B.

Com a chegada de Vica, Ronaldo Guiaro volta a ser o comandante do Sub 20 do XV, e Alexandre Torrezan, o Xandão, permanece como auxiliar técnico do profissional.

``Estamos fazendo tudo que está a nosso alcance para tirar o XV dessa situação incomoda. Não vamos permitir que esse descenso aconteça, pois a Série A-3 (Terceira Divisão) não é o lugar do XV de Piracicaba. Contamos com o apoio do nosso torcedor e sei que, juntos, podemos vencer as próximas partidas e assegurar a nossa permanência´´, disse o vice-presidente e diretor de futebol, Ricardo Moura.


O discurso do dirigente é reforçado pelo gestor de futebol do XV, Beto Souza, que disse acreditar no poder de superação do elenco nesta reta final da competição.

``Boa parte desse grupo conquistou um título inédito há menos de quatro meses e tenho certeza que pode vencer os próximos jogos. Trouxemos o Vica, que além de excelente treinador, foi jogador de muito brio e campeão por onde passou. Acredito que temos tudo para sair da circunstância em que estamos´´, comentou.


Com 14 pontos, o XV ocupa a 15ª posição na tabela de classificação. Nesta quarta-feira (29), a equipe visita o Bragantino, às 19h30, no estádio Nabi Abi Chedid, pela 14ª.

Com a chegada de Vica ao XV, são 15 treinadores que foram trocados 13 rodadas da Segunda Divisão. 


CONFIRA A DANÇA DOS TREINADORES NA SEGUNDA DIVISÃO

1) UNIÃO BARBARENSE - Edson Leivinha saiu e chegou Cláudio Britto
2) OESTE - Vilson Tadei saiu e chegou Roberto Cavalo
3) BARRETOS - Márcio Ribeiro saiu e chegou Vitor Hugo
4) SERTÃOZINHO - Júlio Sérgio saiu e chegou José Carlos Serrão
5) GUARANI - Ney da Matta saiu e chegou Mauricio Barbieri
6) CAPIVARIANO - Elio Sizenado saiu e chegou Antônio Pícoli
7) RIO PRETO - Luciano Dias saiu e chegou Carlos Rossi
8) VELO CLUBE - Álvaro Gaia saiu e chegou Alan George
9) PORTUGUESA - Tuca Guimarães saiu e chegou Estevam Soares
10) XV DE PIRACICABA - Cléber Gaúcho saiu e chegou Ronaldo Guiaro
11) VOTUPORANGUENSE - Ito Roque saiu e chegou Gilberto Pereira
12) GUARANI - Mauricio Barbieri saiu e chegou Vadão
13) BARRETOS - Vitor Hugo saiu e chegou Odirlei Maurrer
14) MOGI MIRIM - Marcelo Veiga saiu e Mário Júnior foi efetivado
15) XV DE PIRACICABA - Ronaldo Guiaro saiu e chegou Vica






Fonte: assessoria de imprensa do XV

William Cordeiro admite alívio por Ferroviária depender apenas dela para não cair

A Ferroviária ocupou a lanterna em boa parte do Paulistão, porém nas últimas rodadas a Locomotiva conseguiu resultados significativos que tiraram o time da zona de rebaixamento antes da última rodada da primeira fase. Os comandados de PC Oliveira estão invictos há três jogos, com duas vitórias (Corinthians e Ituano) e um empate (São Bernardo).

Quem participou atuando em todos os minutos dessa série invicta foi William Cordeiro. Ele, inclusive, demonstrou versatilidade, pois é lateral-direito de origem e vem atuando como lateral-esquerdo. Para ele, a Ferroviária cresceu no momento certo da competição.

``Acredito que a sequência de resultados veio no momento ideal. Lógico que queríamos estar em situação melhor, brigando pela classificação. Mas com os tropeços no início da competição ficamos em situação complicada. Apesar das dificuldades, não nos abatemos. Sabíamos da nossa qualidade e que reagíramos. Que bom que isso aconteceu em momento decisivo´´, disse William Cordeiro, que atuou em 10 das 11 partidas no Paulistão.


Com 12 pontos, a Ferroviária está à frente de times como Audax, São Bento, Santo André e São Bernardo. Nesta quarta-feira (29/3), a AFE encara o Botafogo, no estádio Santa Cruz, às 21h45, em Ribeirão Preto. Para os mandantes, a partida também é decisiva, pois brigam por uma vaga nas quartas-de-final.

Ciente da dificuldade, William Cordeiro destaca o fato de a Locomotiva depender apenas de si para escapar do rebaixamento à Segunda Divisão (Série A-2).

``Estamos felizes por estar fora da zona de rebaixamento faltando uma rodada, mas não acabou ainda. Demos um passo importante, porém, teremos jogo difícil com o Botafogo. Vamos respeitar o rival, que também briga por algo, mas cientes que dependemos apenas da gente para atingir o nosso objetivo. Confio muito na permanência e será importante para o clube que está nos dando todo o suporte´´, finalizou.





Fonte: AV

Para escapar da degola, São Bento desafia tabu no Maião contra o Mirassol

O São Bento enfrenta o Mirassol nesta quarta-feira (29/3), às 21h45, no Estádio José Maria de Campos Maia (Maião), em Mirassol, pela 12ª e última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. Na rodada anterior, o Bentão perdeu, em casa, para a Ponte Preta por 2 a 1, enquanto que a equipe mirassolense empatou, fora de casa, com o Novorizontino por 0 a 0.

O Azulão de Sorocaba é o 14º colocado da competição, com 10 pontos, mesma pontuação do São Bernardo, que abre a zona de rebaixamento. O adversário, que ainda sonha com uma vaga no Brasileiro da Série D de 2018, aparece em oitavo lugar, com 15 pontos.


Rivais desde 1992, as duas equipes já se enfrentaram 17 vezes. Foram oito vitórias do Mirassol, quatro do Bentão e mais cinco empates. O Leão da Alta Araraquarense marcou 25 gols contra 18 gols do São Bento.

Para escapar da degola, o São Bento tenta quebrar tabu de jamais ter vencido o Mirassol como visitante. Foram realizados 10 confrontos no Maião, com sete vitórias dos donos da casa e três empates.


No último encontro, com gols de Marcelo Ferreira e Daniel Gigante, o Mirassol venceu o São Bento por 2 a 1, no Maião, pela segunda rodada da Série A2 do Campeonato Paulista de 2014. Almir Dias marcou para o Bentão.



Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

Na briga pela classificação, líder São Caetano conta com o bom momento dos atacantes

Atual líder da Segunda Divisão (Série A-2) do Campeonato Paulista, o São Caetano tem ao seu lado importantes aliados para ter alcançado esta condição. Um destes elementos, que está contribuindo pela bela campanha realizada até agora, é justamente o momento vivido pelos atacantes do time.

Dono do melhor ataque do campeonato, o Azulão conta com participação crucial do poder de fogo dos seus atacantes pela conquista dos últimos resultados. Afinal, dos 22 gols na competição, 19 foram marcados pelos goleadores.

``É fundamental ter ataque forte. Feliz o clube que pode contar com jogadores em bom momento como é o caso do Carlão e do Ermínio. Nos últimos dois jogos também marquei e consegui ajudar o time. Quem ganha é o São Caetano ao ter disputa sadia no setor. Vamos trabalhar para continuar fazendo os gols´´, afirmou Lincom, autor do tento de empate diante do Oeste na última sexta-feira.

Além de Lincom, que já balançou a rede dos adversários em quatro oportunidades, Carlão e Ermínio, ambos com sete gols, e Elias, autor de um, são os representantes do Azulão entre os goleadores da equipe no campeonato.

Sequência fora de casa

Nas próximas duas rodadas da Segunda Divisão, o clube do ABC jogará longe do Anacleto Campanella.  Pensando nesta sequência como visitante, o Azulão se prepara visando novos e decisivos duelos para permanecer no G-4.

``Jogar fora é difícil. Sofremos derrotas nessa condição para equipes que nem estavam brigando pelas primeiras colocações. Precisamos abrir os olhos, pois o Capivariano é mais um exemplo. É necessário ter os pés no chão e saber que nada está definido no campeonato´´, explicou Lincom.

 Nesta quarta-feira (29), o São Caetano enfrenta o Capivariano, às 20 horas, na Arena Capivari. No domingo, o compromisso  será diante do União Barbarense.






Fonte: assessoria de imprensa do São Caetano

Mário Júnior é efetivado no comando do desesperado Mogi Mirim

Com a derrota sofrida diante do Penapolense pelo placar de 4 a 0, no Estádio Vail Chaves, no último sábado (25/3), pela 13ª rodada do Campeonato Paulista da Segunda Divisão (Série A-2), o técnico Marcelo Veiga deixou o comando do Mogi Mirim.

Com a saída de Veiga, o auxiliar-técnico permanente do clube, Mário Júnior, foi efetivado na condição de técnico do Sapão da Mogiana para a sequência da competição.

Mário Júnior comandará a equipe vermelhinha nas últimas seis rodadas que ainda restam para o encerramento da primeira fase da Série A-2 do Paulista. O Sapo ainda terá pela frente: Batatais, Votuporanguense, Oeste, Guarani, Sertãozinho e Rio Preto. Dos confrontos, três deles serão no Vail Chaves: Batatais, Guarani e Rio Preto.

Na segunda-feira (27), Mário Júnior comandou o primeiro teste à frente da equipe. Com chances claras e matemáticas de escapar do rebaixamento para a Série A-3 (Terceira Divisão), o treinador focou o trabalho na correção de falhas sentidas nas últimas partidas.

Nas duas últimas rodadas do Paulista da Série A-2, o Mogi Mirim sofreu 10 gols – derrota por 6 a 0 para o São Caetano e de 4 a 0 para o Penapolense. Mesmo no incômodo grupo do Z-6, o Sapo aparece como um dos ataques mais positivos da competição.

``O momento não é de abatimento e, sim, de dar a volta por cima. Temos totais condições de escapar do rebaixamento. Os jogadores entenderam a proposta passada e tenho a convicção que corresponderão à altura em campo nas seis rodadas´´, disse Mário Júnior.

O Mogi Mirim enfrenta o Batatais nesta quarta-feira (29), no Estádio Vail Chaves, às 16 horas, pela 14ª rodada das Segunda Divisão. A vitória diante do Fantasma da Mogiana pode tirar ou deixar o Sapão da Mogiana bem próximo de sair da zona de rebaixamento.





Fonte: assessoria de imprensa do Mogi Mirim

segunda-feira, 27 de março de 2017

Novorizontino festeja classificação às quartas de final e vaga na Série D em 2018

A versatilidade ajudou Cléo Silva no Campeonato Paulista. Ele já atuou como lateral-direito, meia e atacante. Não é à toa que participou de todas as partidas do Novorizontino no estadual e pôde comemorar muito a classificação para as quartas-de-final com uma rodada de antecedência.

Em segundo lugar do grupo C com 15 pontos, o Novorizontino não pode ser mais alcançado por Santo André e São Bento e duelará com o Palmeiras por vaga na semifinal do estadual mais valorizado do País. Com história bonita no Tigre, Cléo Silva enaltece o momento do clube.

``Significa muito essa classificação para nós. É time que voltou a elite no ano passado e, em 2017, já conquista essa vaga com uma rodada de antecedência. Isso prova a força do time e como estamos comprometidos com o Novorizontino´´, disse Cléo Silva.


Além da classificação para segunda fase do Paulistão, o Novorizontino garantiu também presença na Série D de 2018. Cléo Silva que chegou a jogar a Série A-2 (Segunda Divisão) do Paulista pelo time amarelo e preto valoriza mais esse objetivo conquistado.

``Vários objetivos foram atingidos. Evitamos o rebaixamento, buscamos a classificação às quartas-de-final e, de quebra, a vaga na Série D 2018. É muito importante dar calendário cheio para o clube e eu que já tenho história no Novorizontino fico feliz com isso´´, admitiu o atacante.


O Novorizontino fecha sua participação na primeira fase na quarta-feira (29/3), às 21h45, contra o Santos, na Vila Belmiro. No Paulistão, o clube do interior teve bom desempenho contra os representantes paulistas na Série A. O Tigre venceu a Ponte Preta em Campinas, empatou com o São Paulo e perdeu apenas de 1 a 0 para o Corinthians, em Itaquera.

``Fomos bem contra os grandes nesse estadual e esperamos ir bem também contra o Santos. Será jogo importante e sabemos da força deles jogando na Vila. Bom resultado para fechar a primeira fase nos dará moral visando as quartas-de-final´´, concluiu.




Fonte: AV

Olímpia, líder isolado da Terceira Divisão do Paulista, troca de técnico pela segunda vez

O Olímpia é o líder isolado da Terceira Divisão do Campeonato Paulista (Série A-3). Após 14 rodadas, a equipe soma 29 pontos e está muito bem encaminhada sua classificação para as quartas de final. Mas, de maneira inacreditável, a diretoria optou em demitir o técnico Karmino Colombini após a equipe golear o Catanduvense por 5 a 0.

Isso mesmo! O Olímpia goleou, está na liderança isolada na tabela de classificação, com a vaga praticamente assegurada na próxima fase, e o treinador foi mandado embora.


O motivo alegado pela diretoria do Olímpia? Simples! Falta padrão de jogo a equipe, que apesar de vencer e liderar não está convencendo para a fase decisiva da Terceira Divisão! Verdadeiro absurdo!

Foi a segunda troca de treinador no Olímpia. Na primeira, Betão Alcântara saiu e chegou Karmino Colombini. E agora com a saída de Karmino Colombini.

Já se levarmos em conta apenas a Terceira Divisão, foi a 16ª troca de treinador em 14 rodadas da competição.


DANÇA DOS TÉCNICOS NA TERCEIRA DIVISÃO

1) CATANDUVENSE - Sérgio Santos saiu e chegou Rodrigo Deião
2) MATONENSE - João Martins saiu e chegou Lelo
3) PAULISTA - Carlinhos Alves saiu e chegou Umberto Louzer
4) FLAMENGO - Rogério Delgado saiu e chegou Fahel Júnior
5) ATIBAIA - Sandro Sargentim saiu e chegou Leonardo Silvério
6) MATONENSE - Lelo saiu e chegou Pinho
7) OLÍMPIA - Betão Alcântara saiu e chegou Karmino Colombini
8) DESPORTIVO BRASIL - Odirlei Maurer saiu e chegou Caio Zanardi
9) PAULISTA - Umberto Louzer saiu e chegou Sérgio Caetano
10) PORTUGUESA SANTISTA - Ricardo Costa saiu e chegou Marcelo Fernandes
11) RIO BRANC0 - João Batista saiu e chegou Edson Vieira
12) COMERCIAL - Amauri Knevitz saiu e chegou Luciano Dias
13) FLAMENGO - Fahel Júnior saiu e chegou Andrezão
14) NACIONAL - Alex Alves saiu e chegou Tuca Guimarães
15) NOROESTE - Sangaletti saiu e chegou Vitor Hugo
16) OLÍMPIA - Karmino Colombini

domingo, 26 de março de 2017

Ponte Preta, Novorizontino e Linense estão classificados às quartas de final do Paulistão

Terminou neste domingo (26/3) a 11ª e penúltima rodada do Campeonato Paulista da Primeira Divisão (Série A-1). E sete dos oito classificados para as quartas de final já são conhecidos. Os últimos deles foram a Ponte Preta, Novorizontino e Linense.

Palmeiras e Corinthians já estavam classificados. O Santos ficou com a vaga no sábado (25), quando venceu o Santo André, fora de casa, por 1 a 0, gol do colombiano Copete.

Linense, que venceu o São Bernardo por 1 a 0, no sábado, em casa; e São Paulo, que no Morumbi empatou com o Corinthians por 1 a 1, estão classificados após o Red Bull Brasil perder para o Botafogo, em casa, por 2 a 0.

Na última rodada, Linense e São Paulo, que somam 17 pontos, disputarão quem será o líder do Grupo D. O time de Lins está em vantagem nos critérios de desempate. As duas equipes jogarão quarta-feira  (29), às 21h45, fora de casa. O Tricolor contra o São Bernardo, que está na zona do rebaixamento, e o Elefante da Noroeste diante do Corinthians, em Itaquera.

Já no Grupo D, do líder Palmeiras, o Novorizontino, que havia empatado sem gols diante do Mirassol, em casa, no sábado, se classificou com as derrotas de Santo André e São Bento.

A única vaga que será decidida na última rodada será no Grupo A, do líder Corinthians. O Botafogo, após ganhar em Campinas do Red Bull Brasil, por 2 a 0, gols de Marcão e Wesley, eliminou o rival e ficou com 16 pontos, contra 13 do Ituano.

Na quarta-feira, o Botafogo enfrenta a Ferroviária, em Ribeirão Preto, enquanto o Ituano, em Itu, encara o Red Bull Brasil.

O Ituano terá de vencer, e torcer do Botafogo, tirando uma diferença de quatro gols a favor da equipe de Ribeirão Preto.

Confira os resultados da 11ª rodada:


Santo André 0 x Santos 1 (Copete)
Linense 1 (Pio) x São Bernardo 0
Novorizontino 0 x 0 Mirassol
Ferroviária 3 (Tiago Marques 2 e Juninho) x Ituano 1 (Juliano)
Palmeiras 2 (Rogér Guedes e William) x Audax 3 (Léo Arthur e Betinho)
São Paulo 1 (Maicon) x Corinthians 1 (Jô)
São Bento 1 (Clebson) x Ponte Preta 2 (Clayson e Yuri)
Red Bull Brasil 0 x Botafogo 2 (Marcão e Wesley)

Classificação

GRUPO A

1º Corinthians 21 pontos (classificado)
2º Botafogo - 16 pontos
3º Ituano 13 pontos
4º São Bernardo - 10 (zona do rebaixamento)

GRUPO B

1º Linense - 17 pontos (classificado)
São Paulo - 17 pontos (classificado)
3º Red Bull Brasil - 12 pontos
4º Ferroviária - 12

GRUPO C

1º Palmeiras - 25 pontos (classificado)
2º Novorizontino - 15 pontos (classificado)
3º Santo André - 11 pontos
4º São Bento - 10 pontos

GRUPO D

1º Santos - 19 pontos (classificado)
2º Ponte Preta  - 19 pontos (classificado)
3º Mirassol - 15 pontos
4º Osasco Audax - pontos (zona do rebaixamento)

ARTILHEIROS

6 GOLS

William Pottker e Lucca (Ponte Preta) e Gilberto (São Paulo)

5 GOLS

Xuxa (Mirassol), Henan (Santo André) e Cueva (São Paulo)

4 GOLS

Pedro Carmona (Audax), Francis (Botafogo), Jô (Corinthians), Roberto (Novorizontino), William (Palmeiras), Elton (Red Bull Brasil) e Vitor Bueno (Santos) 

3 GOLS

Tiago Marques (Ferroviária), Wellington Simião (Ituano), Thiago Humberto (Linense), Zé Roberto (Mirassol), Fernando Gabriel (Novorizontino), Roger Guedes (Palmeiras), Bruno Henrique e Rodrigão (Santos), Edno (São Bernardo) e Luiz Araújo e Pratto (São Paulo)

2 GOLS

Léo Arthur, Gabriel Leite e Felipe Rodrigues (Audax), Marcão, Wesley e Rafael Bastos (Botafogo), Maycon e Pablo (Corinthians), Juninho, Alan Mineiro e Leandro Amaro (Ferroviária), Igor (Ituano), Diego Felipe e Gabrielzinho (Linense), Wellington (Mirassol), Everaldo, Cléo Silva, Raylan e Alexandro (Novorizontino), Jean, Dudu, Tchê Tchê, Borja e Michel Bastos (Palmeiras), Bruno Alves (Red Bull Brasil), Copete, Lucas Lima e Rafael Longuine (Santos), Leonardo (Santo André), Ricardo Bueno (São Bento), Walterson (São Bernardo) e Thiago Mendes e Chavez (São Paulo)

1 GOL

Betinho, Ytalo, Marcus Vinicius, Velicka e Marquinho (Audax), Kauê, Serginho e Fernando Medeiros (Botafogo), Léo Santos, Kazim e Pedro Henrique (Corinthians), Capixaba (Ferroviária), Juliano, Marcelinho, Morato, Ronaldo e Guly (Ituano), Pio, Tatá, Rodrigo Lobão, Carleto, Thiago Santos e Zé Antônio (Linense), Edson Silva, Wallace, William, Raphael Lucas, Rodolfo, Bruno Sávio e Wellington Júnior (Mirassol), Nilson (Novorizontino), Rafael Marques, Felipe Melo, Guerra, Kanu, Raphael Veiga e Barrios (Palmeiras), Clayson, Yuri, Yago e Matheus Jesus (Ponte Preta), Guilherme Lazaroni, Rodrigo, Luan, Nando Carandina, Evandro, Fillipe Soutto, Misael e Nixon (Red Bull Brasil), Ricardo Oliveira, Thiago Ribeiro, Arthur Gomes e Kayke (Santos), Cicinho, Deivid, Fernando Neto, Edmílson e Claudinho (Santo André), Clebson, Gabriel Santos, Pitty, Régis e Magrão (São Bento), Paulo Marcelo, Geandro, Rafael Costa e Marcinho (São Bernardo) e Maicon, Cícero e Rodrigo Caio (São Paulo)

GOLS CONTRA



Diogo Borges (Santo André, para a Ponte Preta), Jeferson (Ponte Preta, para o Santo André) e João Paulo (São Bento, para o Ituano)

Guarani vence e impede Água Santa de reassumir a liderança da Segunda Divisão

Na estreia do técnico Osvaldo Alvarez, o Vadão, o Guarani (veja mascote ao lado) foi brilhante, venceu o vice-líder Água Santa, do técnico Jorginho, por 2 a 0, em Diadema, e voltou a sonhar com vaga no G-4 e a classificação para as semifinais do Campeonato Paulista da Segunda Divisão (Série A-2). Agora, após a realização da 13ª rodada, o Bugre tem 20 pontos e ocupa a oitava posição, com quatro pontos a menos que o Rio Claro, o quarto colocado na tabela de classificação.

Já o Água Santa, com o tropeço dentro de casa, com 25 pontos, desperdiçou a chance de ultrapassar o líder São Caetano, com 26 pontos. O terceiro colocado é o Batatais, também com 25 pontos, mas em desvantagem ao time de Diadema nos critérios de desempate.

Bem equilibrado dentro de campo, o Guarani fez 1 a 0, gol de Eliandro, logo aos sete minutos do segundo tempo. Na etapa final, o Bugre ampliou aos 46, com Brian Samudio. O Água Santa ainda descontou aos 48, gol de Patrick Silva.

Na Segunda Divisão, após 19 rodadas, apenas os quatro primeiros colocados disputarão às semifinais, com os finalistas garantindo acesso ao Paulistão 2018. E os seis últimos serão rebaixados.

Confira os resultados da 13ª rodada:
Sexta-feira - 24/3

São Caetano 1 (Lincom) x Oeste 1 (Mazinho)

Sábado - 25/3

Votuporanguense 2 (Paulo Josué e Anderson Cavalo) x Taubaté 2 (Everton 2)
Rio Preto 
1 (Jonatas Obina) x Bragantino 1 (Rafael Grampola)
Mogi Mirim 
0 x Penapolense 4 (Fio, Leandro Love 2 e Carlinhos)
Batatais 
3 (Coppetti e Ítalo 2) x Capivariano 1 (Neto Costa)
Velo Clube 
1 (André) x Sertãozinho 0

Domingo - 26/3
Barretos 1 (Rodrigo Sabiá) x Rio Claro 2 (Francismar e Fernandinho)
Água Santa 
1 (Patrick Silva) x Guarani 2 (Eliandro e Brian Samudio)
Portuguesa 
1 (Vinicius Gouveia) x União Barbarense 0
XV de Piracicaba 0 x 0 Juventus


CLASSIFICAÇÃO


1º São Caetano - 26 pontos
2º 
Água Santa 25 pontos
Batatais - 25
4º Rio Claro - 24 pontos
5º Penapolense - 23 pontos
6º Bragantino - 21 pontos
7º Taubaté - 20 pontos
Guarani - 20
9ºJuventus 18 pontos
10º 
Sertãozinho - 17 pontos
11º Portuguesa - 16 pontos
12º Votuporanguense - 15 pontos
Oeste - 15
14º Velo Clube - 14 pontos
XV de Piracicaba - 14

16º Barretos - 13 pontos
Rio Preto  - 13
18º Mogi Mirim - 11 pontos
Capivariano - 11
20º União Barbarense - pontos

ARTILHEIROS

7 gols:

Carlão e Ermínio (São Caetano) e Everton (Taubaté)

6 gols  

Robert (Oeste), Leandro Love (Penapolense) e Caique (Taubaté)

5 gols

Miguel (Mogi Mirim), Daniel Bueno (Rio Claro) e Felipe Silva (Sertãozinho)
4 gols

Robson Duarte e Raí (Água Santa), Rafael Grampola e Adriano Paulista (Bragantino), Eliandro (Guarani), Edinho (Mogi Mirim), Sávio (Rio Preto), Lincom (São Caetano), Flávio Carioca (Velo Clube) e Romarinho (XV de Piracicaba)

3 gols

Ítalo (Batatais), Vitor (Bragantino), Braian Samudio (Guarani), Filipe, Junior Timbó e Judson (Juventus), Pretinho (Mogi Mirim), Da Matta (Oeste), Fio e Carlinhos (Penapolense), Bruno Silva (Portuguesa), Fernando, Francismar, Odair e Danilo Lopes (Rio Claro), Luiz Fernando e Fagner (Rio Preto), Mateus (Sertãozinho), Tiago Tremonti e Cassinho (Taubaté), Gustavo Vinte e Cinco (União Barbarense) e Bruninho e Rodrigo (XV de Piracicaba)

2 gols

Patrick Silva e Romão (Água Santa), Tarracha (Barretos), Flávio Carvalho, Elton Luís e Medina (Batatais), Edson Sitta e Anderson Ligeiro (Bragantino), Bill, Petterson e Deco (Capivariano), Fumagalli (Guarani), Caihame e Johnny (Juventus), Formiga (Mogi Mirim), Tiago Adam (Oeste), Pedro Vitor, Thiago Moura e Juliano (Penapolense), Leandro Domingues, Adilson e Luizinho (Portuguesa), Fernandinho (Rio Claro), Ronny (Sertãozinho), Melinho (União Barbarense), Léo Aquino e Leandrinho (Velo Clube), Anderson Cavalo, Paulo Josué, Elvinho e Nathan (Votuporanguense) e Gilsinho (XV de Piracicaba)

1 gol

Raphael Toledo, Diogo Campos, William Souza, Luizão, Paulo Henrique, Leandro Silva, Danielzinho e Gabriel Duarte (Água Santa), Rodrigo Sabiá, Marcelo Soares, Tiago Cavalcanti, Marlon, Chuck, Rafael Martins e Léo Dantas (Barretos), Copetti, Paulinho, Fabrício, Wesley, Tyrone, Diego Luís e Davi Xavier (Batatais), Wellington, Bruno Oliveira, Gilberto, Guilherme Mattis (Bragantino), Neto Costa, Neto Alexandre, Gabriel Taliari, Leandro Silva, Romarinho, Jô e Muller (Capivariano), Evandro, Auremir, Genilson, Uederson, Marcinho, Diego Jussani e Rogério (Guarani), Jorge Mauá e Léo Ribeiro (Juventus), Régis, Marcelinho, Elielton, Dedé, Ortigoza e Vitinho (Mogi Mirim), Mazinho, Jean e Tatuí (Oeste), Léo Carvalho, André Cunha, Kesley e Germano (Penapolense), Vinicius Gouveia (Portuguesa), Moisés e Lucas (Rio Claro), Jonatas Obina, Ednei, Wagner, Robinho e Lucas Silva (Rio Preto), Paulinho Santos, Elias, Ferreira e Magrão (São Caetano), Tito, Luciano Sorriso, Leleco e Pereira (Sertãozinho), Alex Silva e Rychely (Taubaté), Luís Fernando, Renatinho e Ewerton (União Barbarense), André, Cristian, Mizael e Adriano Garça (Velo Clube), Anderson Magrão, Paulo Henrique, Marcão e Makanaki (Votuporanguense) e Bruno Aquino, Barreto e Doni (XV de Piracicaba)

GOLS CONTRA


Reginaldo (Oeste, para Sertãozinho), Marcelinho (Mogi Mirim, para o Bragantino), Gilberto (Bragantino, para Mogi Mirim), Tyrone (Batatais, para o Rio Claro) e Zeca (Rio Claro, para o União Barbarense)

Catanduvense decepciona com outro rebaixamento e vai parar na Quarta Divisão do Paulista

Após o término da 14ª rodada do Campeonato Paulista da Terceira Divisão (Série A-3), o Grêmio Catanduvense (veja mascote ao lado) já é o primeiro rebaixado para a Quarta Divisão em 2018. A equipe comandada pelo técnico Rodrigo Deião foi goleada pelo líder Olímpia por 5 a 0, fora de casa, está na 20ª e última colocação com apenas cinco pontos.

Se vencer os cinco últimos jogos, o Catanduvense chega aos 20 pontos, que já têm Marília, São José FC e Portuguesa Santista. Porém, São José e Marília ainda se enfrentam. Portanto, sobraria apenas a Briosa, que hoje tem saldo 3, contra -24 do Catanduvense.

O rebaixamento do Catanduvense é fruto de más administrações, contratações erradas e total falta de planejamento. Também aconteceram dois jogos perdidos por WO, na atual temporada, por não ter o estádio Silvio Salles, em Catanduva, com laudos aprovados pela Polícia Militar e Corpo de Bombeiro. Um caos!

Com o rebaixamento do Catanduvense, faltam ainda mais cinco equipes para cair à Quarta Divisão em 2018. Já o Olímpia, que goleou a equipe de Catanduva, segue tranquilo na liderança isolada da Terceira Divisão, com 29 pontos, e muito perto da classificação às quartas de final.

Lembrando que após 19 rodadas, os seis últimos (cinco com a queda do Catanduvense) serão rebaixados, e os oito primeiros disputarão a segunda fase da Terceira Divisão.

Confira a 14ª rodada da Terceira Divisão:


Inter de Limeira 2 (Tom e Lucas Douglas) x Grêmio Osasco 1 (Jorge Eduardo)
Nacional 
1 (Thiaguinho) x Desportivo Brasil 1 (Johnny)
Atibaia 0 x Monte Azul 1 (Elton)
Paulista 
2 (Eusébio e Vecchio) x Portuguesa Santista 1 (Fernando)
Rio Branco 
1 (Jonathan Bispo) x Matonense 0
Marília 1 (Marcondele) x São Carlos 0
Olímpia 5 (Renatinho, Naldinho 2, Rogério Maranhão e Willian) x Catanduvense 0
Flamengo 1 (Danilo Pereira) x Independente 2 (Denis e Weldon)
Comercial 
1 (Kadu Barone) x São José FC 0
Noroeste 1 (Rael) x Taboão da Serra 2 (Acosta e Caio)

CLASSIFICAÇÃO


1º Olímpia - 29 pontos
2º Inter de Limeira - 27 pontos
3º São Carlos 25 pontos
Monte Azul - 25
5º Rio Branco 24 pontos
6º Matonense 22 pontos
Desportivo Brasil - 22
Nacional 22
9º Grêmio Osasco 21 pontos
Comercial - 21
Taboão da Serra - 21
12º Portuguesa Santista 20 pontos
São José FC - 20
Marília - 20
15º Paulista - 19 pontos
16º Atibaia - 18 pontos
17º Noroeste - 14 pontos
18º Flamengo 12 pontos
19º Independente - 10 pontos
20º Catanduvense pontos

ARTILHEIROS


8 gols


Naldinho (Olímpia)

7 gols

Léo Castro (Nacional) e Michael (São José FC)

6 gols

Tom (Inter de Limeira) Fernando e Washington (Portuguesa Santista)

5 gols

Reginaldo (Atibaia), Danilo Pereira (Flamengo), Wesley (Inter de Limeira), Wallace (Rio Branco), Gustavo Henrique (São Carlos) e Caio e Acosta (Taboão da Serra)

4 gols

Robson (Atibaia), Naldinho (Comercial), Júlio César (Desportivo Brasil), Fabrício (Grêmio Osasco), Weldon (Independente), Matheus Borges (Monte Azul), Gabriel Barcos (Noroeste), Robinson (Olímpia), Lucas Lino (Portuguesa Santista) e Júlio (Rio Branco)

3 gols

Kadu Barone e Tiago Moura (Comercial), Johnny (Desportivo Brasil), Jorge Eduardo, Wellington e Klauber (Grêmio Osasco), Du Gaia e Felipe André (Marília), Elton (Monte Azul), Renatinho (Olímpia), Bosco (São Carlos) e Renato Peixe (São José FC)

2 gols

Bruno Leandro (Atibaia), Renan (Catanduvense), Anderson e Pio (Desportivo Brasil), Herbert (Flamengo), Bruno Lima e Tiago (Grêmio Osasco), Denis e Dodô (Independente), Lucas Douglas e Malconn (Inter de Limeira), Marcondele, Boreri e Diego Salles (Marília), Everton Tiziu, João Lucas e Jean Pierre (Matonense), Marcelinho e Danilo Medeiros (Monte Azul), Jobson e Bruninho (Nacional), Vilson (Noroeste), Max Pardalzinho e Paulo Brumatti (Olímpia), Vecchio, William Dias, Guilherme e Ingro (Paulista), Ricardinho (Portuguesa Santista), Wellington e Bismark (Rio Branco), Carlos Júnior (São Carlos), João Gledson e Bruno Donizeti (São José FC) e Samurai (Taboão da Serra)

1 gol

Samuel e Gilsinho (Atibaia), Juan, Daniel Simões, Luciano, Walter e Cleber (Catanduvense), Thiagão, Jairo, Mirray, Pablo e Matheus Totô (Comercial), Luiz Henrique, Léo Prado e Cabelo (Desportivo Brasil), Antônio Flávio, Renatinho, Rafael Piauí e Kairon (Flamengo), Henrique, Castro, Maurício, Kallyl e Marli (Grêmio Osasco), Fumaça, Felipe Piá e Jefferson (Independente), Nikão, Jhonathan, Léo Souza, Alisson, Carlão e Eder Paulista (Inter de Limeira), Léo Franco (Marília), Rafael Magalhães, Geovane, Ítalo, Ruster, Kamikaze, Ademir, Denner e Zé Marcelo (Matonense), Matheus Oliveira, Trevizan, Luís Guilherme, David Dener, Lucas Cezane, Gilmar e Carlinhos (Monte Azul), Thiaguinho, Jefferson, Murilo, Luciano e Luiz Henrique (Nacional), Rael, Henrique Alemão, Aguilar, Diego Iatecolla e Juninho (Noroeste), Willian, Rogério Maranhão, Malcon, Robson, Thiago Santos e Vinicius Leite (Olímpia), Eusébio, Gut, Douglas, Fabão e Viella (Paulista), Salinas, Luiz Gueguel e Iran (Portuguesa Santista), Jonathan Bispo, Miranda, Vitor Gava e Diogo (Rio Branco), Testoni, Rossini e Mauro Victor (São Carlos),Eduardo, Willians, Pará, Dalmo, Matheus Teixeira e Amauri (São José FC) e André Luís, Carlos Chaba, Willian e Teco (Taboão)

GOLS CONTRA:



Mineiro (Catanduvense, para o Flamengo), Kallyl (Grêmio Osasco, para o Desportivo Brasil), Jefferson (Nacional, para o Taboão da Serra) e Eduardo (São José FC para Grêmio Osasco)