terça-feira, 23 de maio de 2017

Paulinho coloca Guangzhou em vantagem nas oitavas da Liga dos Campeões da Ásia


A Liga dos Campeões da Ásia chegou às oitavas de final e colocou frente a frente dois campeões nacionais: Guangzhou Evergrande, da China, e Kashima Antlers, do Japão, que jogaram nesta terça-feira (23/5) e fizeram o primeiro jogo da fase eliminatória da competição. Melhor para o time chinês, que venceu por 1 a 0, gol do brasileiro Paulinho, que balançou a rede pela quarta vez em sete jogos.

Com o resultado, o Guangzhou segue invicto e leva para o jogo decisivo, no dia 30, o direito de empatar para avançar no torneio.


Paulinho marcou o gol da vitória ao seu estilo, posicionando-se muito bem na área do adversário e aproveitando o cruzamento. O brasileiro diz que foi um gol fundamental para que a equipe continue com força na competição.

O brasileiro afirma que todos sabiam das dificuldades que encontrariam e, por ser tratar de jogo mata-mata, fazer o resultado positivo em casa era de suma importância para decidir a vaga na casa do adversário.


``Estou muito feliz por ter marcado mais esse gol com a camisa do Guangzhou. E foi especial, importante, pois nos deixa com vantagem importante para o segundo jogo. Sabíamos que seria complicado, contra time tradicional e campeão em seu país, mas conseguimos nos impor e fazer o resultado jogando diante da torcida. Agora é voltar atenções para o jogo do Chinês e, depois, já focar novamente na decisão da Liga dos Campeões”, afirmou.

O Guangzhou Evergrande, antes da partida decisiva na próxima semana contra o Kashima Antlers, volta a campo na sexta-feira (26), às 7 horas (de Brasília), quando recebe o Chongqing Lifan, do brasileiro Alan Kardec, pelo Chinês.





Fonte: SMG

Pela Série B, CRB desafia retrospecto para vencer Santa Cruz no Rei Pelé


Os nordestinos CRB e Santa Cruz medem forças nesta terça-feira (23/5), às 19h15, no estádio Rei Pelé, em Maceió-AL, pela terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Na rodada passada, o Galo empatou com o Luverdense, fora de casa, por 1 a 1, enquanto que o Tricolor pernambucano venceu o Guarani, em casa, por 2 a 1.

A partida entre CRB e Santa Cruz terá transmissão ao vivo pelo SporTV. Narração de Jorge Vinícius, comentários de Luiz Ademar e reportagens de Mac Cavalcante e Jason Mathias.


O Alvirrubro alagoano ocupa o sexto lugar, com quatro pontos, mesma pontuação do Internacional, que fecha o G-4 da competição. Já o Santinha, com 100% de aproveitamento - dois jogos e duas vitórias - divide a liderança da competição com o Figueirense, ambos com seis pontos ganhos. O Tricolor fica com a segunda posição da tabela por ter saldo de gols menor que a equipe de Santa Catarina.

CRB e Santa Cruz já se enfrentaram oficialmente 37 vezes, com grande vantagem para os pernambucanos. São 20 vitórias do Tricolor, 10 empates e sete triunfos do CRB.

Como mandante, o CRB leva pequena vantagem em jogos com o Santa Cruz. Foram 19 confrontos em Maceió, com sete vitórias do time alagoano, seis do Santinha e seis empates

No último encontro, com gols Diego Jussani e Júlio César (2), o CRB venceu o Santa Cruz por 3 a 2, em Maceió, no Rei Pelé, pela 30ª rodada da Série B de 2015, ano que o time pernambucano conquistou acesso a elite do futebol nacional. Grafite e Luisinho marcaram para o Santinha.





Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

São Bento contrata atacante campeão gaúcho pelo Novo Hamburgo

O São Bento continua se planejando para lutar pelo acesso na Série C do Campeonato Brasileiro, onde após duas rodadas conseguiu empate, fora de casa, diante do Mogi Mirim; e vitória, dentro da cidade de Sorocaba, contra o Tombense-MG. O elenco segue sendo reforçando para lutar de igual para igual com os favoritos as quatro vagas para a Série B em 2018.

A pedido do técnico Paulo Roberto Santos, a diretoria do São Bento anunciou na última segunda-feira (22/5) a contratação de mais um atacante para o elenco. E que chegou a Sorocaba com bela façanha no currículo.

A novidade do São Bento foi a contratação do
 atacante Álvaro André Rodrigues da Silva, o popular Branquinho, que vai defender o clube na sequência da Série C do Campeonato Brasileiro. E com fama de campeão!

Branquinho, de 27 anos, foi campeão gaúcho de 2017 pelo Novo Hamburgo. Conquista inédito no Rio Grande do Sul.


O novo reforço do São Bento é natural de Paulista-PE, já teve passagens pelo América-PE; Passo Fundo-RS; Ypiranga-RS; Caxias-RS; entre outros clube. Em 2014, disputou o Paulistão pelo Linense.

O jogador já trabalha com o elenco para ficar à disposição do treinador para a terceira rodada da Série C.

Em relação ao último Paulistão, o São Bento perdeu os atacante Ricardo Bueno, que foi para o Santa Cruz, que disputa a Série B; e Guilherme Queiroz, que agora defende a Portuguesa na Série D.  




Fonte: assessoria de imprensa do São Bento 

Goleiro Oliveira analisa estreia pelo Ituano


Se no Paulistão, o goleiro Oliveira não teve a oportunidade de entrar em campo devido a lesão no dedo, na Série D do Brasileiro a situação é diferente. Contratado pelo Ituano junto ao Novorizontino, ele chegou com moral e foi a campo no último domingo (21/5), em partida que marcou a estreia do Galo de Itu. Sob forte chuva, a equipe do técnico Roque Júnior venceu o São José-RS por 2 a 1, no estádio Novelli Júnior.

``Estou muito feliz em poder voltar a campo. Treinei muito forte após o período de recuperação e me sentia totalmente preparado para ajudar a equipe. Apesar do tempo ruim e campo pesado, nosso time se comportou bem e estreamos com o pé direito. Vamos seguir trabalhando intensamente para emendar sequência de vitórias na competição´´, disse Oliveira.

O próximo compromisso do Ituano será fora de casa, contra o PSTC-PR, que vem de derrota frente ao Metropolitano-SC. Para o goleiro, pontuar fora de casa, em grupo tão equilibrado, será o grande diferencial para alcançar a classificação. Vale lembrar que avançam à segunda fase todos os primeiros e os 15 melhores segundos colocados dos 17 grupos da Série D.

``O PSTC é equipe que vem crescendo bastante no futebol paranaense. É sempre difícil jogar lá. Mas somar pontos fora de casa é fundamental para o nosso objetivo na competição´´, concluiu o camisa 1.





Fonte: Falcon Assessoria de imprensa

Pela Série B, Guarani defende tabu em Campinas contra o líder Figueirense

O Guarani recebe o Figueirense nesta terça-feira (23/5), às 21h30, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, pela terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Na rodada passada, o Bugre perdeu, fora de casa, para o Santa Cruz por 2 a 1, enquanto que o Alvinegro catarinense venceu o Náutico, em casa, por 3 a 0.

A equipe de Campinas ocupa o nono lugar da competição, com três pontos - uma vitória e uma derrota. Já o Furacão, com 100% de aproveitamento - dois jogos e duas vitórias é o líder da competição, com seis pontos ganhos.

Rivais desde 1953, Guarani e Figueirense já se enfrentaram 12 vezes na história, com ampla vantagem do time paulista. São seis vitórias do Bugre, cinco empates e apenas uma vitória da equipe de Florianópolis. O Guarani marcou 18 gols e sofreu 9.

O Guarani jamais perdeu para o Figueira como mandante. Foram realizados quatro duelos no Brinco de Ouro, em Campinas, com quatro vitórias bugrinas.

As duas equipes não se enfrentam há quase oito anos. No último encontro, com gols de Schwenck (contra), Luciano Santos e Ricardo Xavier, o Guarani venceu o Figueirense por 3 a 2, em Campinas, no Brinco de Ouro, pela 24ª rodada da Série B de 2009, ano que o Bugre conquistou acesso a elite do futebol nacional. Lucas e Roger Carvalho marcaram para o Furacão.




Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Marcio Griggio analisa reformulação feita no Sub 20 do São Caetano


Pensando não apenas no imediato, mas também em resultados no futuro, o Sub 20 do São Caetano passa por reformulação durante a disputa do Campeonato Paulista. Sendo assim, o time de juniores do São Caetano utilizará este ano apenas atletas com idade para atuar na próxima edição da Copa São Paulo.

Um dos responsáveis por conduzir este projeto, o técnico Marcio Griggio destacou quais adversidades precisam ser superadas em prol da geração, que começa a despontar no estádio Anacleto Campanella.

``Estamos trabalhando com equipe bem jovem, pensando na Copa São Paulo. Toda reformulação causa, no início, certo desequilíbrio, que é natural pela falta de maturidade do time. Percebemos a oscilação dentro de alguns jogos, mas já esperávamos esse tipo de situação. Aos poucos, o grupo irá encorpar e ganhar confiança´´, explicou.

Após três partidas disputadas, o São Caetano soma seis pontos no estadual, ficando de fora do G-4 devido aos critérios de desempate. Na rodada passada, o Azulinho venceu o São Bento, em Sorocaba, pelo placar de 3 a 2.

Confiança

Já sobre os valores presentes no Sub 20, Marcio Griggio se diz bastante esperançoso em conduzir trabalho que possa render frutos ao São Caetano no futuro.

``A expectativa é fazer boa campanha, pela qualidade da equipe. Se formos bem, utilizando atletas mais jovens, isso será excelente para o clube. O trabalho é sério e acredito que podemos revelar novos jogadores´´, afirmou o técnico.

O próximo compromisso do Azulinho pelo Campeonato Paulista Sub-20 será contra o São Paulo. A partida acontece no sábado (27/5), às 15 horas, em Cotia.





Fonte: assessoria de imprensa do São Caetano

Roque Júnior e jogadores analisam vitória do Ituano na Série D

Estrear com vitória na Série D era importantíssimo. Havia previsão de chuva no domingo (21/5) e com elenco novo, muitos atletas estreariam contra o São José-RS, no estádio Novelli Júnior, em Itu. A vitória veio por 2 a 1, mas em condições muito piores. Desde quinta feira não parou de chover na cidade, que prejudicou a revitalização do gramado após a disputa do Paulista.

Para piorar, o volante Rodrigo Celeste recebeu cartão vermelho direto aos 26 minutos de jogo.

``Pelo desenvolvimento do jogo, nós defendemos muito mais com um homem a menos e conseguimos contra-atacar. Nós podemos avaliar a expulsão. Depois mudou a característica do jogo com a chuva. Passei para eles tranquilidade. Independente da estreia. Que fizessem o que treinamos e foi feito. Veio algo a mais. Não é fácil começar com sete jogadores que nunca jogaram juntos e depois entraram mais dois. No fim o resultado foi importante para dar confiança´´, comentou o técnico Roque Júnior.

A vitória começou pelo zagueiro Leo, o mais antigo do elenco.

``Jogando dentro de casa e não podíamos tropeçar. Independente de campo e chuva. A gente tinha que vencer. Conseguimos a vitória e agora vamos partir para sequência boa na competição´´, comentou Leo, que chegou na base em 2011.

O outro gol foi marcado pelo estreante Everton.

``Num campeonato curto, em casa você tem que ganhar todos os pontos. E se possível conquistar alguma vitória fora. Trabalhamos com muita vontade e superação. Acredito que vamos chegar longe´´, comentou Everton, que marcou um golaço.

O Ituano foi a campo com sete estreias. Goleiro Oliveira, laterais Rafael Cruz e Jonathan pela esquerda, zagueiro Alison, volante Jô, meia Pedrinho e o atacante Pingo. Completaram o time titular o zagueiro Leo, Rodrigo Celeste no meio, Bassani na criação e Ronaldo no comando de ataque.

O Ituano começou pressionando e no segundo escanteio saiu o gol. Pingo cobrou da esquerda e Leo subiu para marcar de cabeça aos sete minutos de jogo.

``Fico feliz por voltar marcar gol pelo Ituano. Sempre que possível vou para a área. Se possível pensando em marcar gol´´, afirmou Leo, que marcou seu nono gol em 79 jogos pelo Ituano.

O São José só chegou ao ataque pela primeira vez aos 20 minutos, em cabeçada para fora. E veio a expulsão do Rodrigo Celeste. Em disputa de bola, ele levantou a perna e atingiu o adversário. O árbitro expulsou direto.

Para acertar o meio, Roque tirou o estreante Pedrinho e colocou Guly em campo. No primeiro tempo, o São José só ameaçou em chute do atacante Jô. O goleiro Oliveria fez boa defesa colocando para escanteio.

No segundo tempo, Roque Júnior fez a segunda alteração. Tirou Bassani e colocou Maicon Douglas. A chuva tinha aumentadoe o gramado ficou muito pesado. Por isso uma equipe mais forte.

Mesmo com um homem a menos, o Ituano era mais perigoso. Ronaldo cobrou falta e quase surpreendeu. No outro contragolpe, o zagueiro do São José foi atrasar e a bola parou na poça. Ronaldo conseguiu alcançar, tentou tirar o zagueiro e bateu para o gol. A bola saiu por cima.

Roque fez a terceira alteração. Pingo que correu o tempo todo ajudando na defesa e puxando os ataques saiu para a entrada de Everton. Aí saiu o segundo gol.

``Foi excelente passe do Ronaldo. Nós concentramos juntos e conversamos bastante. Isso foi bom. Ele me viu mais na frente e deu passe perfeito. Só tive o trabalho de cortar o zagueiro. O goleiro estava adiantado, dei cavada no canto e fui feliz em marcar´´, explicou Everton, que marcou na sua estreia.

O São José descontou aos 38 minutos, em cobrança de falta da esquerda. O atacante Jô usou o corpo para proteger a bola, girou e bateu para o gol.

``Em campeonato de 12 jogos, que define se sobe ou não, era importante começar com  vitória em casa. Os jogadores novos que estão chegando têm confiança. Todos demonstraram espírito muito forte pelas condições de jogo. Isso fortalece. Num primeiro jogo você tem que guerrear e ter companheirismo com um homem a menos. E será muito importante para a sequência da competição´´, comentou Roque Júnior.





Fonte: assessoria de imprensa do Ituano

VOCEM, de Assis, é o único time com 100% de aproveitamento na Quarta Divisão do Paulista

Dos 29 participantes da Quarta Divisão do Campeonato Paulista, que corre atrás de duas vagas de acesso à Terceira Divisão (Série A-3), apenas um clube segue com 100% de aproveitamento, após seis rodadas (apenas um grupo, o único com oito equipes, já disputou sete rodadas). O imbatível é o VOCEM (veja mascote ao lado), da cidade de Assis, líder isolado e disparado do Grupo 1 com 18 pontos.

No sábado (20/5), o VOCEM, do técnico Paulo César Santos, o popular PC, foi até a cidade de Presidente Prudente e ganhou do Presidente Prudente por 2 a 0, gols de Hugo e Matheus.

Para ter ideia da campanha espetacular do VOCEM, o vice-líder do Grupo 1 é o Grêmio Prudente, também de Presidente Prudente, que tem 10 pontos. Vale lembrar as equipes jogam dentro das suas respectivas chaves, em turno e returno, e os quatro primeiros colocados.

No Grupo 2, o líder isolado é o XV de Jaú, do técnico Baroninho, com 15 pontos, após vencer o Taquaritinga, fora de casa, por 3 a 2.

Já pelo Grupo 3, o EC São Bernardo tem os mesmos 18 pontos do VOCEM, mas em sete jogos porque a sua chave é a única que tem oito clubes. O time do Grande ABC venceu, em casa, o Osasco por 2 a 1.

Finalizando, pelo Grupo 4, o líder é o Manthiqueira, da cidade de Guaratinguetá, com 15 pontos. A equipe do Vale do Paraíba, jogando em casa, derrotou o São José por 2 a 1.

Confira os resultados e classificações:
Grupo 1

José Bonifácio 1 x 1 América
Presidente Prudente 0 x 2 VOCEM
Assisense 1 x 3 Grêmio Prudente

CLASSIFICAÇÃO

1º VOCEM - 18 pontos
2º Grêmio Prudente - 10 pontos
3º América - 9 pontos
4º Osvaldo Cruz - 7 pontos
5º José Bonifácio - 5 pontos
6º Presidente Prudente: -1
7º Assisense: -2

Observação: Presidente Prudente e Assisense perderam pontos no TJD por escalação de jogador irregular

Grupo 2

Brasilis 1 x 1 Amparo
Francana 1 x 1 Inter de Bebedouro
Taquaritinga 2 x 3 XV de Jaú

CLASSIFICAÇÃO

1º XV de Jaú - 15 pontos
2º Brasilis - 13 pontos
3º Inter de Bebedouro - 11 pontos
4º Francana - 8 pontos
5º Jaguariúna - 3 pontos
Amparo - 3
Taquaritinga - 3

Grupo 3

EC São Bernardo 2 x 1 Osasco
Barcelona 1 x 1 Guarulhos
Elosport 1 x 1 Diadema
Itararé 1 x 2 Primavera

CLASSIFICAÇÃO

1º EC São Bernardo - 18 pontos
2º Primavera - 13 pontos
3º Elosport - 11 pontos
Guarulhos - 11
5º Itararé - 10 pontos
6º Osasco - 8 pontos
7º Diadema - 4 pontos
8º Barcelona - 3 pontos

Grupo 4

Atlético Mogi 1 x 3 Jabaquara
Manthiqueira 2 x 1 São José
Real Cubatense 0 x 0 União Mogi

CLASSIFICAÇÃO

1º Manthiqueira - 15 pontos
2º Mauaense - 10 pontos
São José - 10
4º Real Cubatense - 8 pontos
5º Jabaquara - 7 pontos
6º União Mogi - 6 pontos
7º Atlético Mogi - 1 ponto

domingo, 21 de maio de 2017

Futebol paulista em alta na primeira rodada da Série D do Brasileiro

Começou neste domingo (21/5) a Série D do Campeonato Brasileiro com o futebol paulista em alta. Dos seis participantes, quatro venceram (Portuguesa, São Bernardo, Ituano e XV de Piracicaba), um empatou (Red Bull Brasil) e apenas o Osasco Audax decepcionou e apanhou fora de casa.

A vitória mais expressiva entre os paulistas foi do São Bernardo, que acabou rebaixado no Paulistão. Com Wilson Júnior no cargo de treinador e elenco reformulado, o Tigre do Grande ABC derrotou o Novo Hamburgo, atual campeão gaúcho, por 1 a 0, gol de Alvinho, pelo Grupo A-16. No outro jogo da chave, o Inter de Lages-SC fez 1 a 0 no Foz do Iguaçu-PR.

Já a Portuguesa, atuando no Canindé, superou a Desportiva-ES por 1 a 0. O único gol da partida foi marcado pelo estreante zagueiro Gabriel Santos, ex-São Bento, pelo Grupo A-13. Na outra partida da chave, o Bangu fez 3 a 1 no Villa Nova-MG, fora de casa.

O Ituano, do técnico Roque Júnior, pelo Grupo A-17, ganhou do São José-RS, no estádio Novelli Júnior, em Itu, por 2 a 1. Léo e Everton marcaram para os paulistas. Jô descontou. No outro jogo da chave, o Metropolitano-SC fez 1 a 0 no PSTC-PR.

Pelo Grupo A-15, no estádio Barão de Serra Negra, o XV de Piracicaba contou com o apoio da torcida para vencer, com dificuldades, o São Paulo-RS por 1 a 0, gol de Romarinho. No outro jogo, o Operário-PR fez 1 a 0 no Brusque-SC.

O Red Bull Brasil, jogando em Cariacica, sob forte chuva, pelo Grupo A-14, empatou por 0 x 0 com o Espírito Santo. A equipe, agora, se prepara para duas partidas seguidas no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas: sábado (27/5), contra a Caldense-MG, e no sábado seguinte (3/6), diante do Boavista-RJ. Na outra partida do grupo, o Boavista, fora de casa, fez 3 a 1 na Caldense.

A chuva castigou o Espírito Santo nos últimos dias. Para se ter ideia, o árbitro da partida, o baiano Ricarle Gonçalves Batista, não chegou porque o aeroporto de Vitória foi fechado por mau tempo. O quarto árbitro, Dyorgenes Padovani, tomou conta do apito.
A única derrota paulista foi do Osasco Audax, já se o técnico Fernando Diniz, que assim como o São Bernardo foi rebaixado no último Paulistão. Jogando em Itumbiara-GO, pelo Grupo A-2, a equipe perdeu para o time da casa por 1 a 0, gol de Gilmar.

Confira todos os resultados dos demais grupos:
Grupo A-1

Segunda-feira - 22/5 - Trem-AP x Atlético A
Princesa do Solimões-AM 3 x 0 Real Desportivo-RO

Grupo A-2

São Raimundo-PA 2 x 0 Gurupi-TO
Baré-RR 0 x 0 Fast Clube-AM

Grupo A-3

Rio Branco-AC 4 x 3 São Raimundo-RR
Genus-RO 1 x 1 São Francisco-PA

Grupo A-4

Cordino-MA 1 x 0 Santos-AP
Tocantins-TO 1 x 3 Altos-PI

Grupo A-5

River-PI 1 x 2 Guarany de Sobral-CE
Potiguar-M 0 x 0 Maranhão-MA

Grupo A-6

Guarani de Juazeiro-CE 1 x 0 América-PE
Parnahyba-PI 2 x 0 Globo-RN

Grupo A-7

Coruripe-AL 2 x 3 Juazeirense-BA
Sousa-PB 2 x 0 Central-PE

Grupo A-8

Atlético-PE 4 x 3 Campinense-PB
Itabaiana-SE 1 x 4 Fluminense-BA

Grupo A-9

América-RN 3 x 0 Murici-AL
Jacobina-BA 2 x 1 Sergipe-SE

Grupo A-10

Ceilândia-DF 1 x 0 Anápolis-GO
Comercial-MS 2 x 0 Sinop-MT

Grupo A-11

Segunda-feira - 22/5 - Aparecidense-GO x Luziânia-DF
União-MT 2 x 0 Sete de Dourados-MS


Invicto desde março no CRB, Léo Condé é o técnico a ser batido na Série B


Integrante da safra de jovens treinadores do futebol brasileiro, Léo Condé vem fazendo ótimo trabalho no CRB. No clube alagoano desde o fim do ano passado, o técnico mineiro conquistou o Campeonato Alagoano e construiu com sua equipe uma sequência de 14 jogos de invencibilidade. 

A última derrota do Galo de Maceió aconteceu no dia 11 de março, no clássico contra o CSA, pela Copa do Nordeste. Desde então, o time regatiano teve mais uma partida pelo torneio regional, 11 pelo campeonato estadual e duas pela Série B nacional, somando oito vitórias e seis empates.

Com a brilhante campanha, o CRB detém, ao lado do Corinthians, a maior série invicta dentre os times das Séries A e B do Campeonato Brasileiro.


Ciente das dificuldades da temporada, Condé avalia o bom momento do CRB, os desafios da Série B e elogia o trabalho do técnico que divide com ele a maior invencibilidade do país, Fábio Carille, do Corinthians.

``O CRB vem crescendo ao longo do ano, com o grupo ficando gradativamente encorpado e homogêneo. Vínhamos desenvolvendo o trabalho para chegar forte neste momento. A invencibilidade é consequência disso. Tivemos arrancada boa na reta final do Alagoano, e os atletas valorizaram cada partida. Conquistamos o título e estreamos bem na Série B, com vitória em casa contra o Ceará. Depois conquistamos um pontinho longe de casa, contra o Luverdense, que também é importante. Não dou atenção para invencibilidade, pois o futebol é cíclico. Aproveitamos o bom momento, mas estamos preparados para encarar oscilações na temporada. Mas é bom saber que os números são bons, rivalizando com o gigante Corinthians, com o ótimo trabalho do Carille. Também sou admirador do Tite, que foi mentor dele´´, disse.


Com 39 anos, Condé iniciou a carreira há mais de 15 anos. Após período longo nas categorias de base de Atlético-MG e América-MG, o técnico acumulou bons trabalhos no Tupi-MG, Caldense-MG e Sampaio Corrêa-MA. Em 2015, ele surpreendeu o cenário nacional ao levar a modesta Caldense à final do Mineiro, quando foi superada pelo Atlético-MG com um gol irregular. Outro trabalho notório foi no Sampaio Corrêa, quando brigou pelo acesso à Série A do Brasileiro no mesmo ano. Já na temporada atual, o título alagoano e a ótima sequência recente referendam o CRB a também brigar pelo acesso na Série B.

Valorizando o ponto conquistado, Condé avaliou como difícil o duelo longe de seus domínios, mesmo com o fato do jogo ter sido em Cuiabá. O treinador analisou o empate.

``Foi jogo complicado, contra adversário em alta. O Luverdense vem construindo solidez na Série B a cada ano que passa. Estão em momento bom, vindo do título da Copa Verde. Mas temos nossas pretensões e tentamos emplacar a segunda vitória. Não conseguimos os três pontos, mas conquistamos um, que pode fazer a diferença lá na frente. Em pontos corridos, a matemática do sucesso passa pelas vitórias em casa e, pelo menos, empate fora. Começamos nesse ritmo e, agora, já temos jogo importante na terça-feira (23/5), contra outro candidato ao acesso (Santa Cruz). É fundamental buscar o máximo de pontos neste início. Vejo evolução boa na equipe e isso motiva a trabalhar, com os pés no chão, porque a Série B é longa e traiçoeira´´, frisou.


Com 28 jogos no comando do CRB, Léo Condé tem 65,5% de aproveitamento, com 15 vitórias, 10 empates e três derrotas. O Galo de Maceió vai em busca do segundo triunfo na Série B na terça-feira, às 19h15, contra o Santa Cruz, pela terceira rodada, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

CRB e Santa Cruz terá transmissão ao vivo para todo o Brasil pelo SporTV. Narração de Jorge Vinícius, comentários de Luiz Ademar e reportagens de Mac Cavalcante e Jason Mathias. 


RANKING DE INVENCIBILIDADE - SÉRIES A e B

1. CRB

      14 jogos sem perder | Última derrota: 11/03/2017

    Corinthians

      14 jogos sem perder | Última derrota: 19/03/2017


2. Atlético-MG

     7 jogos sem perder | Última derrota: 19/04/2017

    Paraná

     7 jogos sem perder | Última derrota: 02/04/2017

4. ABC 

     6 jogos sem perder  | Última derrota: 08/04/2017

5. Santa Cruz

    5 jogos sem perder | Última derrota: 03/05/2017





Fonte: Francis Melo Assessoria
​Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas​

Botafogo e São Bento vencem e lideram Série C. Bragantino decepciona!

A segunda rodada da Série C do Campeonato Brasileiro começou neste sábado (20/5). E foi produtiva para o futebol paulista. Botafogo, de Ribeirão Preto, e São Bento, de Sorocaba, venceram e, ao lado do Ypiranga-RS, lideram o Grupo B, invictos e com quatro pontos.

O Botafogo,  jogando no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, venceu o duelo paulista diante do Mogi Mirim por 2 a 0. Os dois gols foram marcados pelo artilheiro Edno, ex-São Bernardo, que havia passado em branco na primeira rodada.

Já o São Bento, também ao lado da sua torcida, teve um pouco mais de dificuldade para derrotar o Tombense-MG por 2 a 1. Os dois gols foram marcados por João Paulo. Max descontou para o rival.

Quem decepcionou o futebol paulista foi o Bragantino. Atuando na cidade de Macaé-RJ, contra o time da casa, a equipe de Bragança Paulista perdeu por 1 a 0, gol de Maradona.

No Grupo A, o líder isolado é o CSA-AL, com 100% de aproveitamento. No sábado, a equipe foi até a cidade de São Luís, no Maranhão, e superou o Sampaio Corrêa por 2 a 0, gols de Daniel Costa e Marcos Antônio.

Confira os resultados e classificações:

Grupo A

Domingo - 21/5 - 16 horas

Salgueiro-PE x Moto Club-MA

17 horas

Cuiabá-MT x Confiança-SE

Sábado - 19/5

Fortaleza 1 (Hiago) x Botafogo-PB 0
Sampaio Corrêa-MA 0 x CSA-AL 2 (Daniel Costa e Marcos Antônio)
ASA-AL 1 (Leandro Kivel) x Remo 0

CLASSIFICAÇÃO

1º CSA-AL - 6 pontos
2º Confiança-SE - 3 pontos
Remo-PA - 3
Fortaleza - 3
Sampaio Corrêa - 3
ASA-AL - 3
7º Cuiabá-MT - 1 ponto
Botafogo-PB - 1
9º Moto Club-MA - 0
Salgueiro-PE - 0

Grupo B

Domingo - 21/05 - 16 horas

Joinville x Volta Redonda-RJ

Sábado - 20/5

Macaé 1 (Maradona) x Bragantino 0
Tupi-MG 0 x Ypiranga-RS 2 (Talles Cunha e André Luiz)
São Bento 2 (João Paulo 2) x Tombense-MG 1 (Max)
Botafogo 2 (Edno 2) x Mogi Mirim 0

CLASSIFICAÇÃO

1º Ypiranga-RS - 4 pontos
Botafogo-SP - 4
São Bento - 4
4º Volta Redonda-RJ - 3 pontos
Macaé-RJ - 3
6º Joinville - 1 ponto
Bragantino - 1
Tombense-MG - 1
Tupi-MG - 1
Mogi Mirim - 1

ARTILHEIROS

2 GOLS

Edno (Botafogo-SP), Vitor (Bragantino), Tito (Confiança), Marcos Antônio (CSA), Maradona (Macaé), João Paulo (São Bento), Max (Tombense) e Safira (Ypiranga)

1 GOL

Leandro Kivel (ASA), Gerley e Isaac Prado (Botafogo-SP), Daniel Costa, Michel e Vanger (CSA), Hiago (Fortaleza), Lucio Flavia e Buiu (Joinville), Válber (Moto Club), Nino Guerreiro (Remo), Rodolfo (Salgueiro), Uilliam e Maracás (Sampaio Corrêa), Matheus Pato (Tupi), Marcelo, Felipe Augusto e David Batista (Volta Redonda) e Talles Cunha e André Luiz (Ypiranga)

sábado, 20 de maio de 2017

Figueirense e Santa Cruz deixam Inter para trás e seguem 100% na Série B



O Internacional segue sendo o grande favorito para liderar, conquistar o título e retornar em 2018 para o grupo de elite do futebol brasileiro. Mas tropeçou na segunda rodada e ficou no empate por 1 a 1 diante do ABC-RN, do técnico Geninho. E deixou dupla Figueirense e Santa Cruz com 100% de aproveitamento em dois jogos e brigando, pelo menos por enquanto, pela ponta da tabela de classificação.

O Inter, com o estreante William Pottker balançando a rede, abriu 1 a 0 diante do ABC-RN. Porém, nem o apoio da torcida colorada foi suficiente para conquistar os três pontos dentro de casa. Adriano Pardal deixou tudo igual na etapa final e jogou água no chopp da equipe do técnico Antônio Carlos Zago, que segue no G-4, mas na quarta colocação, com quatro pontos e com um jogo a menos que o Paraná, o terceiro, com cinco pontos.

Já o Figueirense, que quase foi rebaixado no Catarinense, reforçou muito bem o elenco, com vários jogadores chegando do futebol paulista, e segue fazendo o técnico Márcio Goiano sorrir à toa. Em casa, com o apoio da torcida, o Figueira não teve dó da crise financeira do Náutico e aplicou 3 a 0, gols de Robinho, Henan e Jorge Henrique.

O Santa Cruz, dentro do Arruda, sofreu  um pouco mais diante do Guarani, do técnico Vadão. Mas venceu por 2 a 1, gols de Halef Pitbull e o estreante Ricardo Bueno, ex-São Bento, que marcou no fim do jogo. Eliandro, artilheiro isolado da Série B, fez o seu terceiro gol, o de honra do Bugre.

O Paraná é o terceiro colocado atuando três vezes, pois teve a sua partida da quarta rodada antecipada. Na sexta-feira (19), em Curitiba, pela segunda rodada, a equipe ficou no empate sem gols diante do Paysandu

2ª rodada da Série B

Brasil 1 (Rodrigo Silva) x Londrina 1 (Jonatas Belusso)
Ceará 0 x 0 Boa Esporte
Paraná 0 x 0 Paysandu
Vila Nova 0 x 0 Juventude
América-MG 1 (Ruy) x Goiás 1 (Jean Carlos)
Luverdense 1 (Rafael Silva) x CRB 1 (Mailson)
Oeste 1 (Alexandro) x Criciúma 0
Santa Cruz 2 (Halef Pitbull e Ricardo Bueno) x Guarani 1 (Eliandro)
Figueirense 3 (Jorge Henrique, Robinho e Henan) x Náutico 0
Inter 1 (Pottker) x ABC 1 (Adriano Pardal)

CLASSIFICAÇÃO

1º Figueirense - 6 pontos
Santa Cruz - 6
3º Paraná - 5 pontos
4º Internacional - 4 pontos

Paysandu - 4 pontos
CRB - 4
Juventude - 4 pontos
Vila Nova-GO - 4
9º Guarani - 3 pontos
Oeste - 3
11º América-MG - 2 pontos
13º ABC - 1 ponto
Luverdense - 1
Boa Esporte - 1
Ceará - 1
Brasil - 1
Goiás - 1
Londrina - 1
Náutico - 1
20º Criciúma - 0

ARTILHEIROS

3 GOLS

Eliandro (Guarani)

2 GOLS


Robinho (Figueirense), Nico López (Inter) e Tiago Marques (Juventude)

1 GOL


Adriano Pardal (ABC), Ruy (América-MG), Rodrigo Silva (Brasil), Mailson e Neto Baiano (CRB), Diogo Mateus (Criciúma), Jorge Henrique e Henan (Figueirense), Jean Carlos (Goiás), Pottker e D´Alessandro (Inter), Jonatas Belusso (Londrina), Rafael Silva e Alaor (Luverdense), Alexandro (Oeste), Berg e Fernando Gabriel (Paysandu), Halef Pittbull, Ricardo Bueno, Vitor e William Barbio (Santa Cruz), Alemão (Vila Nova)

Seleção Feminina enfrenta Espanha e Islândia


A Seleção Brasileira Feminina segue com compromissos fortes para o ano de 2017 - preparatório para a Copa América de 2018. Na data FIFA de junho, a equipe da técnica Emily Lima enfrentará a Espanha e a Islândia.

No dia 10, o jogo será em Madrid, na Espanha, e no dia 13, em Reykjavik, na capital islandesa. Os horários das partidas serão confirmados em breve.

Esta é a segunda vez que o Brasil enfrentará as espanholas. O primeiro jogo foi na Copa do Mundo do Canadá, em 2015, quando venceu por 1 a 0 e se classificou para as oitavas de final. O confronto contra a Islândia será inédito.


Além dos dois amistosos, a Seleção tem quatro outros já marcados: dia 4 de julho contra a Alemanha, e o Torneio das Nações - dia 27 de julho, contra o Japão; dia 30, com os EUA; e dia 3 de agosto, a Austrália.

Informações:

Amistoso: Brasil x Espanha

Data: 10/06/2017

Local: Madrid, Espanha



Amistoso: Brasil x Islândia

Data: 13/06/2017

Local: Reykjavik, Islândia








Fote e foto: assessoria de imprensa da CBF

Revson deixa Bragantino com sensação de dever cumprido

Depois de fazer bom primeiro semestre com o Bragantino, conquistando o acesso para a elite do futebol paulista, chegou ao fim o contrato do volante Revson com o Massa Bruta. O atleta, revelado pelo Grêmio, conta como foi esse período de cinco meses em Bragança Paulista.

``Esse semestre no clube foi muito positivo, conseguimos concluir as metas que nos foram colocadas no início do ano, o título infelizmente não veio, mas presenteamos o torcedor retornando para a primeira divisão do Campeonato Paulista. Agradeço muito ao Bragantino por fazer parte desse grupo de guerreiros e minha família pelo apoio de sempre´´, diz Revson.

O jogador, que também tem experiência fora do país, com passagens pelo Nacional (Portugal/2012 a 2013) e CSKA Sofia (Bulgária/2014), carrega no currículo três acessos: Pato Branco (PR/2009), Avai (SC/2014), Bragantino (SP/2017) e três títulos estaduais com o Grêmio (RS/2006), Pato Branco (2009) e Nacional (Portugal/2012).

Agora o atleta estuda uma boa proposta para dar continuidade no bom trabalho realizado no início do ano.

``Meu contrato se encerrou nesta semana, saio com a sensação de dever cumprido. Tenho como objetivo manter essa minha boa sequência no restante da temporada para atingir as metas, assim como consegui atingir com o Bragantino. Estou tranquilo e analisando as propostas que estão surgindo´´, finaliza o volante.






Fonte: SMM Assessoria de Comunicação

Ituano contrata mais três reforços e estreia domingo na Série D

Depois de quase três semanas de preparação, o Ituano vai estrear na Série D do Campeonato Brasileiro. O jogo inaugural será domingo (21/5), as 16 horas, contra o São José-RS, no estádio Novelli Júnior, em Itu.

``Estreia difícil. Realmente pouco tempo de trabalho, mas a realidade é essa. A gente tem que tentar, com esse mínimo de tempo que teve, fazer bom jogo e estrear bem. Esse é o objetivo. E ao longo do campeonato melhorar. Os jogadores estão concentrados para isso. Trabalhamos focados nesse primeiro jogo” comentou o técnico Roque Júnior, que recebeu 10 reforços após o encerramento do Paulistão.


Os últimos três foram apresentados na última quinta feira (18/5) e chegaram motivados. Os meias Bruno, ex-CRB; e Pedrinho, ex-Cianoorte-PR; e o atacante Everton, ex-Taubaté.

``É  boa oportunidade jogar no Ituano. Nosso primeiro objetivo é subir para a Série C, que terá importância muito grande para o clube e cidade´´, falou o meia Bruno, de 21 anos. Alagoano ele começou no CRB e disputou a Série B no ano passado.

O outro meia que chegou é o Pedrinho, de 23 anos.

``É grande oportunidade para mim e todos que estão chegando no clube. Pelo que vi aqui, o lugar do Ituano é chegar na Série B. Quero ajudar o clube a conseguir seus objetivos´´, comentou Pedrinho, que fez a base no São Paulo e disputou o Paranaense pelo Cianorte.


O outro reforço é o experiente atacante de 33 anos. Ele também começou na base do São Paulo na época do Kaká. Logo se transferiu para o futebol holandês, onde jogou por sete temporadas.

``Eu chego ao Ituano trazendo tudo que aprendi na Europa e no Brasil. Tudo que consegui na minha carreira foi com muito trabalho e dedicação. No Ituano não será diferente. Estou muito feliz e junto com meus companheiros quero fazer grande campeonato e levar o clube para a Série C´´, disse Everton, que depois de retornar ao futebol brasileiro subiu com o Guarani na temporada passada para a Série B, e neste semestre foi artilheiro da Série A-2 (Segunda Divisão) do Campeonato Paulista pelo Taubaté.

 Everton comparou a estrutura do Ituano com alguns clubes do interior da Holanda.

``É bem parecido com os clubes menores da Holanda. Quando cheguei lá, o meu clube não tinha a estrutura que o Ituano tem hoje. Era boa, mas não era desta forma que vi aqui, bem organizado. Agora sim os clubes de lá se organizaram e melhoraram e acredito que os clubes médios da Holanda tem estrutura parecida´´, afirmou Everton, que jogou no Heracles Almelo de 2006 a 2013. Foram 218 jogos e 70 gols no Campeonato Holandês.


O elenco atual tem 28 atletas, sendo que 17 disputaram o último Paulista e conquistaram o Torneio do Interior. O atacante Wesley, revelado na base do Ituano, retornou do empréstimo ao Batatais, que disputou a Série A-2.

Ainda podem chegar mais dois reforços. Mas até aqui o Roque Júnior gostou dos reforços apresentados.

``São jogadores experientes e grande parte já disputou o Campeonato Brasileiro e subiu. Temos jogadores que subiram da Série D para a C, da C para a B e da B para a A. São 12 jogos que nós temos para conseguir o objetivo e é uma final a cada jogo. A experiência desses jogadores pode ajudar muito numa estreia´´, ressaltou.

O São José-RS é da capital Porto Alegre e foi eliminado nas quartas de final do Campeonato Gaúcho pelo campeão Novo Hamburgo.

``Nós conseguimos alguma informação do elenco que ficou. Foi um pouco difícil, mas a gente conseguiu algumas coisas. Conseguimos estudar o adversário. Estamos passando para os jogadores para a gente não ter nenhuma surpresa, apesar de ser o primeiro jogo. Mas sabemos que será muito difícil´´, explicou Roque Júnior.

Para o torcedor que deseja acompanhar o jogo, há promoção das garrafas PET. Só levar duas garrafas e trocar por um ingresso para a descoberta. O ingresso de coberta custa R$ 60,00 e o sócio torcedor paga R$ 29,90 e fica no melhor setor.






Fonte: assessoria de imprensa da Série D

Railan reforça o Red Bull Brasil na Série D

Um bom elenco precisa de mais de um jogador em cada posição. Esse grupo do Red Bull Brasil está resguardado em todos os setores do campo e, na sexta-feira (19/5), a lateral direita ganhou mais uma peça importante: Railan.

Com passagens por Bahia, Fortaleza e Novorizontino, o lateral-direito de 22 anos vem treinando com o elenco e terá uma disputa acirrada com Everton Silva pela camisa 2 do Toro Loko.

``Estou muito feliz e trabalhando forte para buscar meu espaço. A equipe é muito boa, com jogadores qualificados em todas as posições´´, comentou o jogador.

Railan gostou do que viu nos treinamentos e nos jogos-treino feitos pelo time durante o período de preparação. Ele acredita que todos estão prontos para dar o primeiro passo no domingo, contra o Espírito Santo.

``Sabemos que a Série D tem outras equipes boas, mas estamos trabalhando muito forte. Nosso grupo é qualificado e, trabalhando bastante, podemos buscar o principal objetivo: o acesso à Série C´´, finalizou.

ESTREIA NA SÉRIE D

A espera acabou! Depois de pouco mais de um mês de preparação, o Red Bull Brasil vai fazer a sua estreia na Série D do Campeonato Brasileiro neste domingo (21/5), às 16h30, contra o Espírito Santo, em Cariacica.

O técnico Silas tem todo o elenco à disposição e está animado para colocar em prática tudo o que trabalhou durante o período de treinamentos.

``Estamos bastante animados com o que realizamos até agora. Chegou a hora que todos estávamos esperando. Fizemos tudo o que deveria ser feito nos treinos e amistosos, e todos estão bem. Vamos com tudo e que, daqui a alguns meses, possamos pensar que todo esse sacrifício valeu a pena´´, disse o comandante.

Essa é a segunda vez que o Red Bull Brasil disputa a Série D. O acesso não veio em 2015, mas o grupo conseguiu tirar lições valiosas da experiência de dois anos atrás.

``A gente sabe que é campeonato difícil. São grupos, poucos jogos e a margem de erro é menor. Só na técnica, não vamos conseguir. Temos de igualar na força e na vontade. Fazendo isso, nossa qualidade vai se sobressair´´, analisou Nando Carandina, que estava no clube em 2015.

Nas próxima rodadas, o Toro Loko fará duas partidas em casa na sequência, contra Caldense-MG (27/5) e Boavista-RJ (3/6).





Fonte: assessoria de imprensa do Red Bull Brasil

Inter de Limeira vence fora de casa e fica perto do título da Terceira Divisão

A Internacional de Limeira está muito próxima do título paulista da Terceira Divisão (Série A-3) de 2017. Neste sábado (20/5) pela manhã, atuando na Capital, no estádio Nicolau Alayon (Comendador Souza), a equipe do técnico João Vallim venceu o Nacional por 1 a 0, e agora, diante da sua torcida, joga pelo empate para dar a volta olímpica e faturar o caneco. As duas equipes já garantiram o acesso à Segunda Divisão (Série A-2) na temporada de 2018.
O duelo de volta entre Inter e Nacional, do técnico Tuca Guimarães, acontece no próximo sábado, às 19 horas, no estádio Major Levy Sobrinho, na cidade de Limeira.

Vitória e empate darão o título da Inter, diante da sua torcida. O Nacional, vencendo por um gol de diferença, leva a decisão para as cobranças de pênaltis. Ganhando por dois ou mais gols garante o caneco no tempo normal.

A Inter de Limeira mostrou volume de jogo desde o início do primeiro tempo. Com personalidade, acuou o Nacional em seu campo e abriu o placar com Éder Paulista, logo aos 12 minutos, com bela cabeçada.

Assustado com o poderio da Inter, o Nacional pouco conseguiu criar e finalizou pouco. A Inter, melhor em campo, ainda desperdiçou chances de ampliar no primeiro tempo.


Na etapa, o Nacional melhorou um pouco ofensivamente. Mas teve dificuldades para furar a marcação e teve apenas uma grande chance com o volante Everton.

A Inter, com toque de bola e inteligência, chegou algumas vezes. Mas ficou satisfeita com a vantagem de 1 a 0.

FICHA TÉCNICA

Nacional 0 x Inter de Limeira
Local: Estádio Nicolau Alayon (Comendador Souza), em São Paulo
Árbitro: Rodrigo Gomes Paes Domingues, auxiliado por Vitor Carmona Metestaine e Fausto Augusto Viana Moretti
Renda: R$ 15.030,00 - Público: 1.207 pagantes
Gol: Éder Paulista, aos 12 minutos do primeiro tempo

Nacional
Felipe Lacerda; Thiaguinho (Rafinha), Luiz Henrique, Caio Freire e Jeferson; Everton, Jadson e Emerson Mi; Negueba, Léo Costa e Laécio
Técnico: Tuca Guimarães

Internacional
Rafael Pin; Balardin, Carlão, Nikão e Calixto; Marquinhos, Teco e Wesley (Evandro Russo); Lucas Douglas (Luís Roberto), Éder Paulista (Jonathan) e Tom
Técnico: João Vallim

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Guarani, do atacante Claudinho, estipula meta para a Série B


O Guarani está de volta a Série B do Campeonato Brasileiro e já projeta meta para esse começo de competição. Após estrear no torneio com vitória por 2 a 0, diante do Brasil de Pelotas, o técnico Vadão propôs a equipe que a cada 18 pontos disputados, o Bugre some 10, ou seja, aproveitamento de 55,5%. 

Esses números fazem com que a equipe fique em situação confortável na tabela de classificação e sem correr riscos de cair de divisão. 

``Não existe prioridade entre os jogadores. Nós vamos procurar atingir as metas que o Vadão passou para nós. Ele pegou os campeonatos anteriores como exemplo e estipulou para nós de cada 18 pontos procurar somar dez e vamos trabalhar para isso´´, contou o atacante Claudinho, ex-Ituano, que foi titular do Bugre na primeira rodada. 

Vindo do Ituano, essa é a segunda vez que o atleta joga a Série B, ele já havia disputado o campeonato no ano passado pelo Joinville. 

``A Série B é campeonato longo e muito difícil. Apesar da gente ter começado o competição com vitória temos tudo para crescer mais ainda no torneio. No dia a dia estamos sempre buscando o entrosamento e os reforços chegam para fortalecer o elenco´´, analisou. 

Apresentado as vésperas do primeiro jogo do Guarani na Série B, Claudinho ainda não teve contato com a torcida e revela ansiedade por esse encontro. 

``Não tive o prazer ainda de jogar com a torcida, pois os dois primeiros jogos em casa serão de portões fechados. Mesmo assim, acredito que eles vão nos apoiar e que estão bastante confiantes pela partida que fizemos na primeira rodada. Agora temos que dar sequência nesse trabalho´´, finalizou Claudinho. 

O Guarani não terá torcida devido aos incidentes na final da Série C de 2016, na partida contra o Boa Esporte-MG, na cidade de Varginha. 

Os comandados do técnico Vadão voltam a campo sábado (20/5), pela segunda rodada da Série B. A equipe visita o Santa Cruz, às 16h30, no Arruda, em Recife.




Fonte: Tuddo

Jogadores analisam chances do XV de Piracicaba na Série D


O XV de Piracicaba faz a última semana de preparação para a estreia na Série D do Campeonato Brasileiro. Há 14 anos sem disputar um torneio nacional, a expectativa é grande para o confronto de domingo (21/5), às 16 horas, quando recebe o São Paulo/RS, no estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba.

``Estamos muito focados em fazer boa campanha para subir com a equipe. Chegaram muitos atletas para a Série D e estamos nos entrosando. O trabalho está muito forte e de muita qualidade. Estamos ansiosos pela estreia´´, falou o meia Romarinho, que está na equipe desde a temporada passada.

Voltando de lesão, o lateral esquerdo Samuel Balbino concorda com o companheiro de time.

``O ambiente é muito bom. Os jogadores que vieram para completar o elenco são de qualidade e estamos todos focados na competição. Iremos trabalhar duro no restante da semana para estreiar com o pé direito´´, disse o atleta, que foi Campeão do Interior com o Penapolense em 2014 e está no time de Piracicaba desde 2016.

Os comandados do técnico Márcio Fernandes estão no grupo A-15, ao lado de Brusque-SC e Operário/PR.





Fonte: Tuddo

Brasileiro ajuda Hellas Verona a voltar ao grupo de elite da Itália


O Hellas Verona está de volta à elite do futebol italiano. Na quinta-feira (18/5), a equipe empatou em 0 a 0 com o Cesena e garantiu vaga na primeira divisão do país para a próxima temporada. Com 74 pontos conquistados, o Verona festejou, fora de casa, o retornou ao convívio das principais equipes da Itália.

Ídolo atual do clube e um dos destaques do time no retorno à Série A, o brasileiro Rômulo comemorou o resultado. O camisa 2, que abriu mão de outras propostas no início desta temporada europeia para permanecer e ajudar o clube, destacou os pontos que fizeram a diferença para que o Verona fosse reconduzido à primeira linha do futebol do país.

Comemoração

``Fizemos grande campeonato, com regularidade que é importante em competição de longa duração. O resultado contra o Cesena veio coroar o esforço de todos no clube. Estão todos de parabéns. Mas, em especial, queria dedicar esse retorno à Série A do Italiano ao nosso torcedor. Eles jamais deixaram de acreditar que seria possível. Isso nos deu forças para seguir trabalhando sério e com mais foco. Tenho a certeza de que o Verona voltará ainda mais forte na próxima temporada. Esse clube é grande e vai seguir mostrando isso na Série A´´, ressaltou o camisa 2.

Projeto pessoal

``O Verona acreditou em mim do início ao fim. Acreditou na minha total recuperação, renovou meu contrato e isso pesou demais nas minhas escolhas. Tive propostas do Brasil e de outros países da Europa, mas coloquei para mim e para a minha família que seria questão de honra recolocar o clube na primeira divisão. E isso foi alcançado, pois temos elenco totalmente focado, de qualidade e que, principalmente, honra a camisa do Verona cada vez que entra em campo. Agora, estamos de volta e prontos para fazer grande Série A na próxima temporada´´, definiu Rômulo.







Fonte e foto: TRATO Comunicação